quinta-feira, abril 18, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoA cronologia da madrugada de terror que deixou adolescente e idoso mortos...

A cronologia da madrugada de terror que deixou adolescente e idoso mortos em Vitória

Um dos mortos é um idoso vítima de bala perdida dentro de um hospital

A cúpula da segurança pública do Espírito Santo concedeu uma entrevista coletiva no fim da tarde deste domingo (25), após a madrugada de terror em Vitória. O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, foi o primeiro a falar, e descreveu a cronologia dos fatos:

Publicidade

  • Às 18h de sábado (24): a Polícia Militar realiza a apreensão de drogas no bairro Gurigica, em Vitória. Dois suspeitos correm e fogem.
  • Às 20h de sábado (24): um homicídio é registrado no bairro São Cristóvão. Testemunhas dizem que criminosos tentaram sequestrar a vítima, que reage. Os assassinos o executam a tiros de fuzil, atrás do posto de gasolina, na subida de São Cristóvão.
  • Às 21h de sábado (24): ocorre uma nova atuação da Polícia Militar no Morro do Macaco. Um suspeito é baleado na perna em confronto com a PM. O suspeito estava armado com uma pistola e estava com drogas. O suspeito foi socorrido.
  • Às 23h28 de sábado (23): a Polícia Militar recebe a notícia de um adolescente de 16 anos, identificado como Carlos Eduardo, que chegou espancando no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), o São Lucas. O adolescente morreu após dar entrada na unidade. As polícias Civil e Militar dizem desconhecer a motivação das agressões que levaram o adolescente à morte. O caso é investigado. A vítima foi espancada em uma escadaria do bairro Gurigica. Foi socorrido por populares.
  • Às 02h37 de domingo (25): a Avenida Leitão da Silva é tomada por criminosos, e inicia um intenso tiroteio de criminosos. “Uma ação muito violenta, muitos disparos de arma de fogo”, diz o secretário.. A Polícia Militar se mobiliza e pede apoio das polícias de Cariacica, Serra e Vila Velha para tentar minimizar o problema. Suspeitos desceram do morro do Jaburu e Gurigica, e ateiam fogo na avenida e iniciam um intenso tiroteio.
  • Às 03h39 de domingo (25): a Polícia Militar é informada que um homem de 68 anos é atingido e morto por uma bala perdida dentro de uma clínica de cuidados paliativos de um hospital em Vitória. “Ação violenta, cruel. Nosso pesar, nosso sentimento à família”, diz secretário.
  • “Marginais juvenis pintam e bordam o tempo todo”, diz secretário.
  • No dia 13/06 o Carlos Eduardo foi espancado em Aracruz. Espancamento teria sido em virtude de Carlos Eduardo não ter tido tempo hábil para avisar seus superiores no tráfico da chegada da polícia no bairro.

O delegado-geral da Polícia Civil do Espírito Santo José Darcy Arruda informou que a perícia identificou que o tiro que matou o idoso no hospital veio de uma área de mata da parte alta do morro, em direção ao local onde estavam abrigados os policiais militares, próximo à unidade hospitalar.

Publicidade

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Douglas Caus informou que houve troca de tiros de bandidos com a Polícia Militar, e que os suspeitos recuaram ao morro. Pela pouca luminosidade, a PM diz ter optado taticamente por não subir o morro “naquele momento”, fazendo isso no início da manhã, quando não houve mais confrontos.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE