sábado, julho 20, 2024
spot_img
HomeTragédiaAcidente mata torcedores do ES que foram a MG ver jogo do...

Acidente mata torcedores do ES que foram a MG ver jogo do Corinthians

Acidente ocorreu na madrugada, já em solo capixaba.

Três pessoas morreram e dez foram socorridas com vida após uma colisão frontal entre uma Van e um ônibus, na madrugada desta segunda-feira (8), no km 169 da BR 262, na altura de Ibatiba, no Espírito Santo. As vítimas, todas da Van, retornavam ao solo capixaba após assistirem ao jogo entre Cruzeiro e Corinthians, no domingo (7), no Mineirão, em Belo Horizonte. Os feridos são nove pessoas da Van e uma do ônibus.

Publicidade

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o acidente ocorreu por volta de 01h40. Uma Van com torcedores do Corinthians vinha de Minas Gerais para o Espírito Santo, e colidiu de frente com um ônibus que ia no sentido contrário.  “Pelas informações preliminares a van invadiu a contramão da via e veio a colidir de frente com o ônibus. No momento do acidente o tempo estava firme e a via em plenas condições de uso sem qualquer tipo de interdição”, informou a PRF. Duas pessoas, que estavam na Van, morreram no local. Uma terceira pessoa morreu no hospital. Outras nove pessoas foram socorridas para hospitais da região.

Publicidade

De acordo com informações, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para atender a ocorrência.

Segundo os militares, todos os ocupantes da van ficaram presos no veículo. À medida que as vítimas iam sendo retiradas do carro, as equipes do Samu realizavam os procedimentos de imobilização e encaminhamento para os hospitais de referência.

A Cleitonbus Transporte Turismo, empresa responsável pelo ônibus, informou por nota, que está acompanhando a situação e lamentou o ocorrido. A empresa disse que está dando suporte aos passageiros e motoristas envolvidos, e que o motorista reserva que se feriu foi encaminhado ao Hospital João XXIII , em Belo Horizonte, e não possui ferimentos graves. Os demais passageiros seguiram viagem em outro veículo, com previsão de chegarem ao destino por volta de 13h.

A Polícia Científica (PCIES) informou que a perícia foi acionada na madrugada desta segunda-feira (08), por volta das 03h45, para uma ocorrência de colisão com vítima fatal, na Rodovia BR 262, no Trevo de Irupi, a 15km de Iúna, na região do Caparaó, no Espírito Santo. Os corpos de duas vítimas fatais, dois homens, foram encaminhados ao Serviço Médico Legal (SML) de Venda Nova do Imigrante, onde passarão pelo processo de necropsia. Posteriormente, será liberado para os familiares. Posteriomente, por volta das 04h16, o serviço de transporte de cadáver foi acionado para recolher um corpo de sexo masculino em um hospital municipal de Ibatiba. O corpo foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Venda Nova do Imigrante, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil (PCES) informou que a investigação da Delegacia de Polícia (DP) de Irupi está em andamento para apurar as circunstâncias do acidente.

A Cleitonbus Transporte Turismo, empresa responsável pelo ônibus, informou por nota, que está acompanhando a situação e lamentou o ocorrido. A empresa disse que está dando suporte aos passageiros e motoristas envolvidos, e que o motorista reserva que se feriu foi encaminhado ao Hospital João XXIII , em Belo Horizonte, e não possui ferimentos graves. Os demais passageiros seguiram viagem em outro veículo, com previsão de chegarem ao destino por volta de 13h.

De acordo com a nota da Cleitonbus Transporte Turismo, a empresa está à disposição das autoridades locais para auxiliar nas investigações sobre o incidente. Eles reforçam seu compromisso com a segurança de seus passageiros e motoristas. A empresa confirmou que o ônibus envolvido no acidente estava sendo operado dentro da velocidade compatível com a via. Além disso, o veículo era novo e bem conservado, equipado com sistema de telemetria e com todas as licenças necessárias, inclusive da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em dia. A documentação do motorista também era regular, sem histórico de sinistros. Segundo a Cleitonbus, o ônibus era um veículo alugado para a realização dessa viagem.

Em nota, a Buser, plataforma de viagens de ônibus, também se manifestou sobre o acidente envolvendo o ônibus da empresa de fretamento Cleitonbus. A Buser lamentou o ocorrido e informou que, em conjunto com a operadora parceira, vem prestando total apoio aos passageiros que estavam no veículo, além de contribuir com os esclarecimentos junto às autoridades locais.

A plataforma informou ainda que a segurança é uma das premissas fundamentais para suas operações. Nesse sentido, a Buser disse que adota diversas medidas, como a instalação de equipamentos para controle de velocidade nos veículos parceiros – item presente no ônibus da Cleitonbus -, além de contar com uma equipe de monitoramento 24 horas por dia, 7 dias por semana, e um rigoroso processo de controle de qualidade das empresas parceiras. Isso inclui avaliação documental das fretadoras e motoristas, bem como visitas às garagens para validação da infraestrutura do operador e oferta de reciclagem aos motoristas.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE