sexta-feira, julho 12, 2024
spot_img
HomeLinharesAdolescente desaparece após ser sequestrado por quadrilha de falsos policiais em Linhares

Adolescente desaparece após ser sequestrado por quadrilha de falsos policiais em Linhares

A Polícia Civil diz que investiga o caso. Jozenhique Romão Carrafa, de 17 anos, foi rendido e até algemado por bandidos.

Um adolescente de 17 anos, identificado como Jozenhique Romão Carrafa, está desaparecido desde a tarde do domingo (7), quando foi sequestrado em um ponto de ônibus, por quatro homens encapuzados e armados que se identificaram como policiais. Os bandidos usavam touca ninja, e camisa de cor preta com o símbolo da Polícia Civil. Os suspeitos deram voz de prisão ao adolescente, que foi algemado e colocado no banco de trás de um carro modelo Corsa, de cor verde. O crime aconteceu na região de Perobas, zona rural de Linhares, cidade do Norte do Espírito Santo.

Publicidade

Segundo o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, a corporação foi acionada a fim de que uma equipe fosse até a localidade de Peróbas, zona rural de Linhares, verificar a informação de que quatro pessoas, em um veículo, modelo Corsa, de cor semelhante ao verde, pararam em um ponto de ônibus entre Perobas e Regência, e colocaram um adolescente de 17 anos no interior do carro. Segundo o chamado, a vítima teria sido agredida fisicamente e o automóvel seguiu para o Centro da cidade. Um dos suspeitos estava com uma arma de cor prata. Os criminosos levaram os celulares das testemunhas. De acordo com a PM, equipes fizeram buscas “mas nenhum veículo com as características passadas foi encontrado.

Publicidade

Por nota, a Polícia Civil informou que “as investigações e as diligências da Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Linhares estão em andamento, porém até o momento o jovem não foi localizado. Informações que possam auxiliar no trabalho de investigação de pessoas desaparecidas podem ser repassadas de forma sigilosa por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas”.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE