sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
HomeEXCLUSIVO - Amigo matou segurança de São Gabriel após ele descobrir morte...

EXCLUSIVO – Amigo matou segurança de São Gabriel após ele descobrir morte de Manelão em São Domingos

Ge Nunes tramou execução de Denilson após ele descobrir que ele era o autor da morte do pai do secretário de Obras de São Domingos do Norte; entenda

Ge Nunes – assim é conhecido o suspeito de invadir uma festa e matar a tiros Manuel Alves Ribeiro, de 59 anos, o “Manelão”, pai do secretário de Obras de São Domingos do Norte, em 29 de julho deste ano. No dia 7 de agosto, o segurança Denilson Lorenzoni Júnior, de 19 anos, desapareceu após sair de uma aula em uma autoescola de São Gabriel da Palha. Momentos antes, Júnior, como o segurança era conhecido, recebeu uma ligação. Era Ge Nunes, amigo de Denilson. O criminoso é apontado como autor da emboscada que resultou no sumiço e assassinato de Denilson. O motivo seria que Denilson havia descoberto que Ge Nunes era o autor do crime cometido dias antes em São Domingos do Norte. E tem mais.

Publicidade

Manuel Alves Ribeiro. Crédito: Montagem / Rede Notícia

As informações são frutos de uma investigação jornalística exclusiva conduzida pela Rede Notícia, que acompanha de perto os dois casos desde o início.

Publicidade
Denilson Lorenzoni Júnior, de 19 anos. Crédito: Acervo pessoal / Montagem Rede Notícia

Ge Nunes foi preso no dia 13 de setembro, em São Gabriel da Palha, no âmbito do inquérito da morte de Manelão, em São Domingos do Norte. Segundo o titular da DP de São Domingos, delegado Dair Oliveira Junior, Ge Nunes foi o sexto suspeito de envolvimento na morte de Manelão a ser preso. E o delegado avisou que as diligências vão prosseguir, até o fim do inquérito.

Segundo a investigação, Manelão atuava como agiota, uma pessoa que oferece empréstimos com condições à revelia da lei. Políticos poderosos da região de São Domingos do Norte, teriam dívidas com ele. A Polícia Civil, no entanto, ainda não trouxe a público, a motivação real do crime.

A Rede Notícia descobriu que o segurança Denilson Lorenzoni Júnior, de 19 anos, era amigo de Ge Nunes. Ele teria descoberto que Ge era o autor da morte do pai do secretário de Obras de São Domingos do Norte. Foi então que Ge Nunes decidiu armar uma emboscada para dar fim a vida de Denilson. Isso explica o fato de Denilson ter ido de encontro a Ge Nunes no dia de seu desaparecimento. Há um fato importante aqui: havia o receio por parte de Ge Nunes de que Denilson descobrisse quem eram os integrantes do esquema armado para matar Manelão. Tanto é verdade, que o próprio delegado de São Domingos do Norte, Dair Oliveira Junior, informou que Ge Nunes era a sexta pessoa a ser presa no inquérito da morte de Manelão. Ou seja, há mais gente no bolo.

Nove dias separa a morte de Manelão e o sumiço e posterior execução de Denilson. Dois crimes cruéis. O primeiro, em meio a uma festa. O assassino chegou, fingiu ser convidado, esperou Manelão entregar a criança que ele segurava no colo, e o matou. A prefeita de São Domingos do Norte, Ana Malacarne, revelou ao repórter da Rede Notícia, Wilson Rodrigues, em 31 de julho, que estava na festa, e saiu do evento cerca de cinco minutos antes do crime. Segundo ela, ao chegar em casa, recebeu uma ligação reportando o crime.

O segundo crime, igualmente cruel, aconteceu nove dias depois. Em 7 de agosto. Denilson saiu de casa, no Córrego Bley, em São Gabriel da Palha, para fazer uma prova teórica em uma autoescola da cidade. Após terminar o exame, recebeu uma ligação. E sumiu. O corpo dele foi achado por pescadores no dia 13 de agosto, boiando no Córrego Braço Sul, em São Domingos do Norte. No cadáver, havia a marca de dois tiros na cabeça. A moto de Denilson, foi encontrada no dia 14 de agosto, às margens da rodovia que liga São Gabriel da Palha a São Domingos do Norte.

Tanto a investigação da morte de Manelão, quanto o inquérito da morte de Denilson, são tocados pela Delegacia de Polícia de São Domingos do Norte. Também não foi informado, até o momento, quem são os outros suspeitos de envolvimento no assassinato do segurança.

O que diz o suspeito

A Rede Notícia tenta contato com a defesa de Ge Nunes, citado na matéria.

Cobertura – Assassinato de Manelão

Cobertura – Execução de Denilson Júnior

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE