domingo, abril 14, 2024
spot_img
HomeDestaqueAssembleia Legislativa pede ao Governo antecipação de emendas para municípios afetados pelas...

Assembleia Legislativa pede ao Governo antecipação de emendas para municípios afetados pelas chuvas

Iniciativa quer levar ajuda imediata para reconstruir e recuperar o que foi perdido durante as enchentes no Sul do Estado

Devido às consequências das recentes e devastadoras chuvas que assolaram a região Sul do Espírito Santo, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Santos, solicitou ao Governo do Estado a antecipação do pagamento de emendas dos deputados estaduais para as cidades atingidas. A medida quer proporcionar um suporte financeiro imediato às comunidades afetadas, permitindo uma resposta ágil às necessidades emergenciais.

Publicidade

O pedido, realizado hoje durante reunião na Secretaria de Governo, junto com a secretária Emanuela Pedroso, se junta às inúmeras ações realizadas pela Casa de Leis, que vem trabalhando para ajudar a reconstruir e recuperar o que foi perdido durante as enchentes que vitimaram 20 pessoas e deixaram mais de oito mil desabrigadas. Desta forma, a iniciativa vai ajudar na recuperação da infraestrutura danificada, como estradas, pontes e sistemas de drenagem, além de auxiliar programas de assistência social e humanitária, fornecendo alimentos, água potável, abrigo temporário e assistência médica e psicológica às famílias afetadas.

Publicidade

O deputado Marcelo Santos destaca que a colaboração mútua entre instituições, poderes e a população tem sido o diferencial para que as cidades se recuperem o mais rápido possível e ressalta que a antecipação dos recursos dará mais velocidade na recuperação das pessoas que perderam tudo. “Em momentos como esse, a agilidade nos processos e repasses faz toda a diferença. Precisamos levar ajuda imediata, não somente para a reconstrução, mas para necessidades básicas da população, principalmente em relação à saúde, abrigo e alimentação”, contou.

Outras medidas como crédito facilitado, arrecadação de suprimentos e o repasse significativo de R$17 milhões, provenientes da devolução de economias da Assembleia ao Governo do Estado têm sido promovidas para amenizar os impactos e apoiar a recuperação das áreas afetadas. Além disso, a desburocratização dos processos para o recebimento dos recursos da Defesa Civil se destaca entre as ações.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE