quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoBandidos de facção trocam tiros com a polícia e dois criminosos são...

Bandidos de facção trocam tiros com a polícia e dois criminosos são presos em Pinheiros

Dois criminosos, identificados pelas iniciais C.M.P., de 21 anos, e E.E.P.R., de 20 anos foram presos. Veja o que se sabe de conflito

Bandidos trocaram tiros com policiais civis e militares na noite desta segunda-feira (10), em Pinheiros, no Norte do Espírito Santo. Dois, de quatro suspeitos foram presos. Segundo a Polícia Civil, os criminosos integram uma facção criminosa chamada de BDJ (Bonde do Jundiá), numa referência ao bairro Jundiá, no município.

Publicidade

Segundo a Polícia Civil, a corporação levantou informações dando conta de que indivíduos ligados à facção criminosa BDJ estariam portando armas de fogo e manipulando drogas em uma plantação de café localizada nos fundos do bairro Jundiá. Diante da informação, policiais civis e militares de Pinheiros montaram uma operação e se deslocaram ao local indicado.

Publicidade

De acordo com a Polícia Civil, ao chegarem no local, os policiais foram recebidos a tiros por quatro criminosos. Diante do ataque, os agentes revidaram a agressão. Após cessarem os disparos, os policiais fizeram uma incursão a pé em buscas por uma plantação de café, ocasião em que dois suspeitos foram presos. Eles foram identificados apenas pelas iniciais C.M.P., de 21 anos, e E.E.P.R., de 20 anos.

Com os suspeitos foram apreendidos os seguintes materiais ilícitos: um revólver calibre .38 com seis munições deflagradas, 43 munições calibre .38 intactas, 13 buchas de maconha e dois aparelhos celulares. Ainda segundo a Polícia Civil, dois suspeitos conseguiram fugir, no entanto, eles já foram identificados. Eles fugiram portando arma de fogo. Ninguém se feriu.

Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pinheiros.

“Logo após recebermos a informação, já nos deslocamos para o local e fomos recebidos a tiros pelos criminosos. Dois deles foram presos na plantação de café, enquanto os outros dois conseguiram fugir levando consigo as armas de fogo que portavam. Não descansaremos até realizarmos as prisões dos criminosos que fugiram”, disse o Dr. Jameson Amaral, delegado de Pinheiros que acompanhou pessoalmente a operação.

Ainda segundo a Polícia Civil, os criminosos foram autuados em flagrante na Delegacia de Pinheiros e encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP), onde ficarão à disposição da justiça.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE