quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeDestaqueBanestes registra lucro líquido recorde de R$ 330 milhões em 2022

Banestes registra lucro líquido recorde de R$ 330 milhões em 2022

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) divulgou, nesta terça-feira (28), os resultados do exercício de 2022. O lucro líquido recorrente acumulado atingiu a cifra de R$ 330 milhões, crescimento de 35,5% em comparação a 2021. Esse é o maior e melhor desempenho da história do Banestes, puxado pelo crescimento das receitas com operações de crédito (+38,9%) e com operações de tesouraria (+176,6%).

Publicidade

A Demonstração do Valor Adicionado, que representa o quanto o Banestes distribuiu à sociedade capixaba por meio de impostos, contribuições, remuneração de pessoal, de capitais de terceiros e próprios, alcançou R$ 1,1 bilhão (+19% em 12 meses).

Publicidade

O faturamento totalizou R$ 5,5 bilhões, avançando 100,8% em relação ao ano anterior, e resultado operacional de R$ 548 milhões, expandindo 26,1% na mesma comparação. O retorno sobre o Patrimônio Líquido (ROE) foi de 16,8%, 4,3 p.p. maior que o apresentado em 2021.

As informações foram transmitidas pela diretoria da instituição financeira via YouTube, no canal oficial do Banestes (www.youtube.com/@BanestesTV). Os dados completos podem ser consultados no site de Relações com Investidores (www.banestes.com.br/ri), além das páginas da Comissão de Valores Mobiliários (www.gov.br/cvm) e da B3 (www.b3.com.br).

O diretor-presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, enumerou algumas ações que auxiliaram à conquista desse resultado histórico: “Criamos o Baneshub, laboratório de inovação, que já está ajudando a modernizar nosso banco; a solução Pix na Arrecadação expandiu nossa área de atuação bancária para outros estados; e com a oferta do Microcrédito Juntas concedemos R$ 13 milhões em financiamento para empreendedoras capixabas”.

Outras medidas foram citadas pelo presidente, como o anúncio do novo banco digital, o Bizi; renegociações de dívidas facilitadas com o Feirão Acordo Fácil; parceria para ampliar o portfólio de produtos de seguridade feita com a Seguradora Zurich; e a adesão do Banestes ao Pacto Global da ONU e, consequentemente, às práticas de Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG).

A carteira de crédito ampliada atingiu o montante de R$ 11,8 bilhões, expandindo 17,8% comparado ao mesmo período do ano anterior e 5,6% sobre a posição de setembro de 2022. Já a carteira de crédito comercial alcançou R$ 7,9 bilhões, crescendo 24,4% ao ano. A estratégia da Instituição prioriza carteiras com menor risco, como crédito consignado e crédito imobiliário.

“No setor bancário, somos líderes em varejo no Espírito Santo, que engloba empréstimos e títulos descontados. Detemos 36% desse mercado de mais de R$ 15 bilhões. Na captação via depósitos totais, também somos líderes, com participação de 41% de um mercado de quase R$ 50 bilhões”, disse o diretor de Relações com Investidores, Silvio Henrique Brunoro Grillo.

Foi destinado aos acionistas a título de juros sobre capital próprio e dividendos o valor de R$ 185 milhões, o que representa a distribuição de 56% do lucro líquido do exercício. Desse montante, R$ 171 milhões foram para o Estado do Espírito Santo, acionista controlador. Esses recursos são aplicados na melhoria da qualidade de vida dos capixabas, conforme prioridades definidas no orçamento estadual.

O montante dos Recursos de Terceiros Captados e Administrados somou R$ 41,1 bilhões, avançando 9,9% na comparação com o exercício anterior. O saldo dos Ativos Totais foi de R$ 36,8 bilhões, representando um crescimento de 8,2%.  

Os números demonstram a melhoria contínua dos serviços prestados pelo Banco, além de crescimento em bases sustentáveis, mantendo elevados índices de capitalização e liquidez. O patrimônio líquido atingiu R$ 2 bilhões, 7,7% superior ao registrado no quarto trimestre de 2021. O Índice de Basileia alcançou 14,96%.

A inadimplência (maior que 90 dias) da carteira de crédito ampliada encerrou 2022 em 1,4%. Já a da carteira de crédito comercial, no período, foi de 2,0%, com queda de 0,1 p.p.

As provisões para crédito geradas nos últimos 12 meses mantiveram-se estáveis, representando 1,4% do total da carteira de crédito ampliada.

As receitas com serviços, no quarto trimestre, atingiram R$ 93 milhões, uma elevação de 3,6% contra o mesmo período de 2021. No acumulado do ano, somaram R$ 367 milhões (+4,9% em 12 meses).  O Banestes manteve relacionamento com a base de 1.371.651 clientes (+5,9% em 12 meses), crescendo 6,0% sua base com pessoa física e 4,5% com pessoa jurídica. O número de contas correntes atingiu 997.319 (+9,7%), enquanto as contas de poupança somaram 636.436 (+2,0%) na mesma comparação.

Também cabe destacar o avanço da operação de seguros, que evoluiu 69,9%, totalizando um resultado de R$ 110 milhões.

A nota de rating em escala nacional para risco de crédito medido pela Fitch Ratings manteve-se em AA-(Bra) com perspectiva estável, refletindo o perfil financeiro da instituição, sustentado pela estabilidade e força dos indicadores de rentabilidade, capitalização, captação e liquidez.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE