domingo, maio 26, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoEstudante de escola pública de Nova Venécia é aprovado em medicina na...

Estudante de escola pública de Nova Venécia é aprovado em medicina na Universidade Federal do RS

Leonardo Dadalto Salomão, 19 anos, é "filho" de escola pública.

Um jovem de 19 anos, morador do bairro Rúbia, em Nova Venécia, no Norte do Espírito Santo, vai começar a trilhar o caminho do sonho de ser médico. Estudante de escola pública, Leonardo Dadalto Salomão, decidiu que queria cursar medicina durante as aulas da disciplina de biologia, no campus do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de Nova Venécia, durante o ensino médio. Leonardo conseguiu uma bolsa em uma universidade particular de Cachoeiro de Itapemirim, e passou em medicina na Universidade Federal do Rio Grande (FURG), no Rio Grande do Sul.

Publicidade

Leonardo Dadalto Salomão foi classificado para o curso de medicina na Universidade Federal do Rio Grande (FURG), no Rio Grande do Sul, através do SISU. Crédito: Acervo pessoal

Ele cursou o ensino médio integrado ao curso técnico em mineração no Ifes em 2022, ano em que o jovem tentou uma bolsa de medicina, mas não conseguiu. “Ele continuou estudando, se preparando, e agora, em 2023, ele conseguiu, uma bolsa de medicina pelo Programa Universidade para Todos (PROUNI) em uma faculdade privada de Cachoeiro de Itapemirim, e outra, em uma Universidade Federal no Rio Grande do Sul, através Sistema de Seleção Unificada (SISU)”, conta Ronia Gaspar Dadalto, de 43 anos, mãe de Leonardo.

Publicidade

A mãe conta como o filho se decidiu pela medicina.”Ele disse que foi durante as aulas de biologia no Ifes, que os olhos dele brilhou, e ele decidiu ‘então é isso que eu quero’. Ele estudava o dia todo no Ifes, e a noite, em casa, ele intercalava mas também estudava”, detalhou Ronia.

“Em 2022, ele conseguiu uma bolsa em uma faculdade privada aqui de Nova Venécia, no curso de Direito. Ele cursou o primeiro período, mas viu que não era o que ele queria, e pediu para ficar mais um ano em casa estudando para tentar novamente a bolsa de medicina. Ele estudava dia e noite. Ele sempre foi muito disciplinado, programava o horário de estudar, horário para ele ver alguma coisa no computador, horário para ler um livro, ele sempre gostou muito de ler livro, sempre foi muito focado mesmo”, disse a mãe do jovem Leonardo.

Segundo a mãe, Leonardo optou por cursar medicina na Universidade Federal do Rio Grande (FURG), a 316 quilômetros da cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

O pai de Leonardo, o radialista Flávio Salomão, de 48 anos, sente orgulho do filho. “Um orgulho muito grande por ele estar realizando um sonho, fico na torcida para que ele se torne um grande Doutor”, disse.

Em entrevista concedida à Rede Notícia, Leonardo falou sobre o caminho percorrido até aqui, e a motivação para seguir adiante. “A sensação é de dever cumprido depois desse resultado, depois de horas e horas, dia após dia e mês após mês estudando para que isso acontecesse. É um longo caminho até que eu me torne médico, mas o sonho de exercer a profissão vai me ajudar a continuar a trajetória”, contou o jovem.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE