sexta-feira, junho 14, 2024
spot_img
HomeTragédiaCarro atropela casal na faixa de pedestres e homem morre no Centro...

Carro atropela casal na faixa de pedestres e homem morre no Centro de Colatina

Gilberto Rezende, de 62 anos, teve o óbito constatado dentro da ambulância do Samu/192, ainda no local.

Um homem de 62 anos, identificado como Gilberto Rezende, morreu, e a companheira dele, de 46 anos, ficou ferida, após serem atropelados por um carro, na manhã deste domingo (24), véspera de Natal, na faixa de pedestres, no Centro de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. O estado de saúde da mulher não foi divulgado. Gilberto era morador de Jaguaré.
Segundo a Polícia Militar, uma equipe foi acionada na manhã deste domingo (24) e prosseguiu até o Centro de Colatina para verificar a ocorrência de atropelamento. No local, os militares encontraram as duas vítimas caídas no chão, sendo uma mulher de 46 anos e um homem de 62, já recebendo o atendimento pelo Samu/192. O condutor do carro se apresentou aos militares e afirmou que o semáforo estava verde para o veículo e não percebeu o casal atravessando na faixa. Ele realizou o teste do bafômetro, que deu negativo para o consumo de álcool.
De acordo com a PM, ainda durante o atendimento do Samu, o homem ferido acabou não resistindo aos ferimentos e evoluiu a óbito. O condutor do carro foi encaminhado à Delegacia Regional de Colatina.

A Polícia Civil informou que o serviço de transporte de cadáver da Polícia Científica foi acionado na tarde deste domingo (22), por volta das 14h14, para recolhimento de corpo de sexo masculino no Hospital Silvio Avidos, localizado no Centro de Colatina. Segundo informações repassadas pela equipe médica, a vítima teria sofrido atropelada em um acidente automobilístico e evoluído a óbito dentro da ambulância do SAMU. O corpo da vítima, um homem de 62 anos, foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para a realização da identificação e do exame cadavérico.

Publicidade

O motorista do veículo foi conduzido à Delegacia Regional de Colatina, onde foi ouvido e liberado em conformidade com o previsto no Código de Trânsito Brasileiro. Esta medida foi adotada uma vez que o motorista permaneceu no local do acidente e não havia indícios de cometimento de crime que justificassem a prisão em flagrante. O caso seguirá em investigação.

Publicidade
ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE