quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeCrimeCasal dá festa em casa, mulher é morta e homem é baleado...

Casal dá festa em casa, mulher é morta e homem é baleado por “amigo” da família no ES

Crime aconteceu na frente dos filhos do casal.

Uma mulher de 37 anos, identificada Vanderlúcia Ferreira de Souza, foi assassinada e o marido dela, Ivam Gomes de Souza, de idade não informada, foi baleado, durante uma festa dada por eles, na própria casa, na localidade de Ribeirão Capixaba, em Domingos Martins. O crime aconteceu na madrugada de sábado (4), diante dos filhos do casal. O principal suspeito era amigo da família.

Publicidade

Segundo a Polícia Militar, uma guarnição foi acionada para ir até a Policlínica de Marechal Floriano. No local, a equipe encontrou uma mulher no interior de um veículo já sem vida. O óbito foi confirmado pelo médico de plantão que examinou a vítima. Na sala de atendimento de urgência estava o marido da mulher. Ele também foi baleado e estava em estado gravíssimo. Foi necessário transferi-lo para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória.

Publicidade

O filho do casal e um amigo da família relataram aos policiais militares que todos os envolvidos, incluindo o autor dos disparos, estavam em uma festa na casa das vítimas. As testemunhas disseram que viram uma discussão, e o suspeito saindo e retornando já efetuando os disparos em direção ao casal. As testemunhas viram autor do crime com duas armas, porém não souberam precisar o calibre. Após o fato, as vítimas foram colocadas por populares no próprio veículo da família e levadas para a Policlínica de Marechal Floriano. Segundo a PM, buscas foram realizadas, mas ninguém foi detido.

Vanderlúcia Ferreira de Souza, de 37 anos, deixa um filho de 5 anos e o primogênito, de 18.

A Polícia Civil informou que o suspeito, 29 anos, foi conduzido à Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante. Ele foi autuado por homicídio e tentativa de homicídio e encaminhado ao presídio.

O corpo da vítima fatal, uma mulher, foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE