domingo, fevereiro 25, 2024
spot_img
HomeDestaqueCelebrações do dia 12 de outubro mostram força do turismo religioso em...

Celebrações do dia 12 de outubro mostram força do turismo religioso em Jaguaré

A tradição católica conta que em outubro de 1717, os pescadores João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia saíram para pescar para a realização da festa que foi oferecida ao governante da Capitania Hereditária de São Paulo e Minas Gerais, na Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá. Era uma missão difícil, pois, não era uma época boa para pescaria.

Publicidade

Após várias tentativas puxando a rede no Rio Paraíba do Sul, um pedaço do corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição apareceu para os pescadores. Curiosos, eles lançaram a rede mais uma vez e pescaram a cabeça da imagem, que se encaixou perfeitamente ao corpo.

Publicidade

Eles colocaram a imagem da santa no barco. E depois disso, os peixes começaram a aparecer, em quantidade abundante, tão grande que quase fez o barco virar, segundo os relatos históricos da tradição católica.

Feriado

O dia 12 de outubro é feriado nacional em comemoração à Nossa Senhora Aparecida, que foi reverenciada em Jaguaré. Entre as manifestações de maior porte, está a celebração realizada na Comunidade Nossa Senhora Aparecida, no Córrego das Abóboras.

A partir de 2004, a Diocese de São Mateus, por orientação da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, determinou que se realizasse a coroação de Nossa Senhora Aparecida. Foi a partir daí, segundo o coordenador da Comunidade Nossa Senhora Aparecida do Córrego das Abóboras, Claudimar José Barcelos Miossi, que a celebração ganhou vulto.

“A comunidade realiza essa celebração em todo 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, há 18 anos. Nós passamos a fazer essa festa cada vez mais bonita e, a partir do ano seguinte, 2005, nós nos reunimos e decidimos fazer a descida da santa pelo Córrego das Abóboras até a propriedade de Derli Bisi e, dali saímos em procissão até a comunidade”, explica Claudimar destacando que a festividade cresceu bastante com o tempo e só não foi realizada em 2019 e 2020 por causa da pandemia.

Procissão

O trajeto pelo Córrego das Abóboras se dá por aproximadamente um quilômetro. Já a procissão pela estrada que dá acesso à comunidade percorre cerca de dois quilômetros. Outra manifestação importante dessa data é a realizada pela Comunidade do Giral, onde a celebração teve início debaixo de um pé de jaca de grande porte onde, no passado, as pessoas se reuniam para rezar. Ato que é repetido todo ano e, em seguida, caminham com a imagem até a igreja da comunidade.

Também se destaca a festividade religiosa realizada na Comunidade do 16. Os fiéis realizaram uma cavalgada levando a imagem de Nossa Senhora Aparecida demonstrando sua devoção à santa, bem como o seu respeito e reconhecimento como intercessora e padroeira do Brasil. Somados ao Dia do Evangélico, comemorado no dia 31 de outubro, esses são eventos importantes e estão sendo incluídos como destaque no calendário de eventos turísticos religiosos de Jaguaré.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE