sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueCombate a queimadas em terrenos baldios é intensificado com novas medidas

Combate a queimadas em terrenos baldios é intensificado com novas medidas

A Secretaria de Meio Ambiente de Nova Venécia está informando que, em razão do aumento de queimadas efetuadas em terrenos baldios, verificou-se a necessidade de esclarecer os danos ocasionados pela referida prática.

Publicidade

Segundo a pasta, após constatação da infração pelo órgão competente, o proprietário ou quem der causa será responsabilizado administrativamente nos termos da legislação ambiental deste município.

Publicidade

O objetivo principal é combater a prática de incêndio nos terrenos baldios, tendo em vista o aumento de infrações desta natureza no município, o qual vem gerando danos ao meio ambiente, bem como transtornos e prejuízos à coletividade.

“Esclarecemos que a responsabilidade pela limpeza do terreno é exclusiva de cada proprietário, o qual deverá recolher o material resultado da limpeza e destiná-lo a um local apropriado. Outrossim, é expressamente vedada a utilização de queimada como forma de limpeza dos lotes, sob o prisma do artigo 116, I, da Lei n° 3.765, de 23 de outubro de 2023 (Art. 116 Ficam vedadas: I – a queima ao ar livre de materiais que comprometam de alguma forma o meio ambiente ou à sadia qualidade de vida). Além disso, ainda que o proprietário não provoque diretamente o incêndio, será responsabilizado como coautor caso comprovado o nexo de causalidade (se a ausência de limpeza do terreno ensejar o incêndio)”, disse a Secretaria.

Considerando os riscos e danos à coletividade e ao meio ambiente ocasionados pelas queimadas, o responsável direto ou indireto pela infração estará sujeito a multa correspondente ao valor entre 112 e 1.110 VRM´s (Valor de Referência Municipal), nos termos do art. 26, §1°, inciso II, do Decreto n° 19.214, de 17 de janeiro de 2024.

Com a publicação desta reportagem, a Prefeitura espera que os proprietários se mobilizem e façam a limpeza adequada de seus terrenos para que não haja a necessidade de aplicação das penalidades administrativas.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE