sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueComitê de Segurança nas Escolas traça ações para o ano letivo na...

Comitê de Segurança nas Escolas traça ações para o ano letivo na Rede Municipal Nova Venécia

A Prefeitura de Nova Venécia por meio do Comitê Intersetorial de discussão e elaboração de estratégias de prevenção e combate à violência nas escolas de Nova Venécia definiu, em reunião realizada na manhã da última terça-feira (09), ações para o ano letivo na rede municipal de ensino.

Publicidade

A reunião, que ocorreu na sala de reuniões do gabinete do prefeito, foi coordenada pelo presidente do comitê, o vice-prefeito. Participaram da reunião representantes das secretarias municipais de Educação, Assistência Social, Saúde, finanças, Esportes e o presidente do Conselho Municipal de Segurança.

Publicidade

Entre as medidas definidas estão: Definição de ações articuladas entre as secretarias municipais que trabalharão de forma conjunta no combate à violência nas escolas, envolvendo a colaboração entre diferentes setores da administração pública, como educação, segurança, assistência social, esporte, cultura, entre outros, implementando estratégias integradas que promovam um ambiente escolar seguro e acolhedor, através de ações educativas contínuas para a mediação de conflitos e apoio psicossocial aos estudantes, famílias e profissionais da educação.

O vice-prefeito destacou a importância da união de esforços para garantir a segurança dos alunos e profissionais da educação. “A violência nas escolas é um problema sério que precisa ser combatido com ações efetivas e integradas. O Comitê Intersetorial está trabalhando para desenvolver um plano municipal que contemple todas as dimensões da segurança escolar”, afirmou.

A reunião contou também com a participação da secretária municipal de Educação. A secretária ressaltou que o trabalho do Comitê Intersetorial é fundamental para garantir um ambiente escolar seguro e saudável para todos. “Estamos comprometidos em trabalhar para que as nossas escolas sejam espaços de convivência e aprendizagem”, afirmou. A secretária de Assistência Social destacou que “Não podemos apenas fazer ações pontuais. É preciso trabalhar de forma permanente, tomando como base o diagnóstico e o levantamento dos problemas que estão afetando cada Unidade de Ensino”.

A secretária de Assistência Social sugeriu que o trabalho em rede seja realizado por meio de uma análise situacional seguida de um cronograma de apoio e atendimento. “Cada secretaria deve definir o tipo de atuação que terá, de acordo com suas atribuições. Isso garantirá que as ações sejam complementares e eficazes”, afirmou.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE