segunda-feira, abril 15, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoComo anda investigação contra 3 delegados suspeitos de pedir voto para Bolsonaro...

Como anda investigação contra 3 delegados suspeitos de pedir voto para Bolsonaro e Manato em São Mateus

Por nota, a Polícia Civil informou "que a denúncia foi encaminhada à Corregedoria da Corporação onde o caso está sendo analisado e investigado".

Nove meses depois da campanha e das eleições de 2022, a Corregedoria da Polícia Civil continua investigando os delegados Alysson Pereira Pequeno, Isaac Emmanuel de Souza Gagno e Leonardo Aksacki Malacarne, suspeitos de convocar servidores para pedir voto aos então candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PL), e Carlos Manato, ao governo estadual, dentro da Delegacia Regional de São Mateus, em outubro do ano passado.

Publicidade

Na ocasião, segundo a denúncia apurada pela Corregedoria, os delegados teriam feito menções a países como Cuba e Nicarágua, para se referir ao candidato que era líder das projeções à época, que viria a ser eleito, Lula. Após a denúncia feita por um jornalista, em represália, os delegados Alysson, Isaac e Leonardo, registraram um boletim de ocorrência negando os fatos. A revelação dos fatos irritou o Palácio Anchieta. O atual governador, Renato Casagrande (PSB), era candidato à reeleição e adversário de Manato.

Publicidade

Depois da divulgação da denúncia pelo jornalista Wilson Rodrigues, o delegado-geral da Polícia Civil no Espírito Santo, José Darcy Santos Arruda, exonerou Leonardo Aksacki Malacarne, da cadeira comissionada de delegado regional da DP de São Mateus, em 11 de novembro, depois das eleições que sacramentou a reeleição de Renato Casagrande. Para o lugar de Leonardo, nomeou o delegado Paulo Roberto Amaral.

Recorte do Diário Oficial do dia 16 de novembro de 2022. Crédito: Reprodução

Por nota, a Polícia Civil informou “que a denúncia foi encaminhada à Corregedoria da Corporação onde o caso está sendo analisado e investigado”.

A Rede Notícia tenta contato com os delegados citados na reportagem.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE