domingo, fevereiro 25, 2024
spot_img
HomeDestaqueConvenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil declara apoio a Magno...

Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil declara apoio a Magno Malta para o Senado

O presidente do Conselho Político da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor Ronaldo Fonseca, declarou em Brasília, o voto de apoio e pediu aos membros da Assembleia de Deus do Espírito Santo que reconduza para o Senado Federal, Magno Malta.

Publicidade

“Quando fui deputado Federal, Magno Malta era Senador e nós enfrentamos as pautas na Câmara contra a família, contra os princípios cristãos e mandávamos para o Senado Federal, tínhamos a tranquilidade, pois sabíamos que tínhamos Magno Malta, para enfrentar, com capacidade e firmeza o valor maior da nossa doutrina. Precisamos novamente de Magno Malta no Senado”, informou o representante da Assembleia de Deus no Brasil, pastor Ronaldo Fonseca.

Publicidade

Aos membros da Assembleia de Deus no Espírito Santo foi também feito um alerta para ter atenção, pois só pode escolher um Senador, e muitos candidatos estão procurando as igrejas pedindo voto. “O nosso candidato é Magno Malta que já provou seu compromisso”.

A tendência nacional da Assembleia de Deus de apoiar Magno Malta também é seguida no Espírito Santo. O pastor Rafael Ferreira, presidente da Comissão para Assuntos Políticos, da Convenção da Assembleia de Deus no Estado do Espírito Santo e Outras – Cadeeso – também apoia Magno Malta seguindo a orientação nacional.

“Magno Malta está fazendo muita falta no Senado Federal, como presidente da Comissão Política estou na campanha e o pastor José Wellington Bezerra, presidente Nacional da Assembleia de Deus no Brasil, nossa autoridade maior, que recebeu Magno Malta e reafirmou o apoio ao retorno dele para o Senador Federal. “Assembleia de Deus precisa de Magno Malta no Senado”, disse o pastor José Wellington.

“Infelizmente, é triste, mas o Espírito Santo está muito mal representado no Senado Federal. Magno Malta presidiu a Frente Nacional da Família do Senador Federal, que cumpriu missão importante em unir todas religiões cristãs em um único movimento para o enfrentamento aos projetos que colocavam em risco a família brasileira. Ele lutou contra a legalização do aborto e da maconha no STF, pagando um preço alto. E não podemos esquecer que foi sua luta que fez surgir no Brasil este momento patriótico que elegeu Jair Bolsonaro, presidente do Brasil. Ambos estavam juntos na mesma linha cristã”, lembrou pastor Rafael.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE