segunda-feira, junho 24, 2024
spot_img
Home Crime Corpo de homem assassinado é encontrado em lavoura de café em Jaguaré; veja vídeo

Corpo de homem assassinado é encontrado em lavoura de café em Jaguaré; veja vídeo

0
Corpo de homem assassinado é encontrado em lavoura de café em Jaguaré; veja vídeo
Corpo de homem assassinado é encontrado em lavoura de café em Jaguaré. Crédito: Leitor

Moradores encontraram o corpo de um homem de 35 anos caído em meio a uma lavoura de café na tarde desta quarta-feira Santa (5), na comunidade de São Roque, em Jaguaré. A vítima apresentava marcas de cortes provocados por arma branca e foi identificada como Cledimar dos Santos. Um vídeo mostra a presença da PM no local do crime, veja:

Publicidade

Vídeo mostra PM no local do crime. Crédito: Leitor / Rede Notícia

Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram terem ouvido gritos de socorro vindos da lavoura de café, e que quando chegaram ao local se depararam com o corpo no chão. Momentos antes dos gritos, a vítima teria sido vista correndo de dentro da comunidade para a lavoura.

Publicidade

Os policiais foram até uma casa abandonada, a cerca de 200 metros do local onde o corpo foi encontrado, pois souberam que o homicídio teria se iniciado lá. No local os PMs encontraram marcas de sangue e sinais de luta corporal no quintal.

A perícia constatou seis perfurações de arma branca na região lombar (nas costas) da vítima, uma perfuração na cabeça, outra no pescoço e outra também no crânio próximo à face.

O corpo da vítima, foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, para ser necropsiado e liberado para os familiares.

A Polícia Civil informou que a perícia foi acionada na tarde desta quarta-feira (05), por volta das 15h, para uma ocorrência de homicídio por arma branca, na região de São Roque, em Jaguaré.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para ser necropsiado e liberado para os familiares. O caso seguirá sob investigação da Delegacia de Polícia de Jaguaré e até o momento nenhum suspeito foi detido. A população pode denunciar através do Disque-denúncia (181) qualquer tipo de irregularidade, ilegalidade ou repassar informações que ajudem as polícias na elucidação de delitos ou infrações. A ligação é gratuita e pode ser realizada em qualquer município do Estado