‘Desespero, livramento”: os relatos de sobreviventes de tiroteio que deixou mortos em São Mateus

Veja o que se sabe sobre o tiroteio de deixou ao menos duas pessoas mortas na festa da cidade de São Mateus

Publicidade

“Meu Deus, foi um momento assustador”, diz uma adolescente. “Tudo aconteceu atrás de mim e dos meus amigos, muitos tiros, nos jogamos no chão, gente se escondendo debaixo dos carros, só agradecer a Deus pelo livramento”, desabafou uma empresária. “Foi muito desespero”, relata um homem. As manifestações de quem estava no Parque de Exposições de São Mateus, no Norte do Espírito Santo, na madrugada deste domingo (24), se multiplicam nas redes sociais. Pelo menos duas pessoas morreram e uma ficou ferida, durante um tiroteio durante a festa de aniversário da cidade.

Publicidade

Duas pessoas morreram baleadas no local. Crédito: Leitor / Montagem Rede Notícia

O crime ocorreu por volta de 2h30 da madrugada, durante o show de Japinha Conde. Um tumulto seguido de uma sequência de tiros resultou em correria, gritaria e desespero. Havia milhares de pessoas no evento, entre elas crianças e famílias inteiras. Muitas, se jogaram no chão para se proteger. Testemunhas ouvidas pela Rede Notícia relatam que ao menos três suspeitos foram vistos correndo com armas nas mãos. De acordo com relatos dessas testemunhas, mesmo com revista pessoal na entrada da festa, criminosos conseguiram entrar no evento armados.

Publicidade
Em um post, Japinha anunciou que estaria em São Mateus, e em outro, já na festa, ela aparece rodeada de seguranças perto do público na parte de baixo do palco, com uma garrafa de bebida na mão. Crédito: Instagram / Montagem Rede Notícia

O evento, amplamente divulgado, acontecia no Parque de Exposições do município, em um terreno “de frente” ao Hospital Estadual Roberto Silvares, em São Mateus.

A reportagem demandou informações e posicionamento da Polícia Militar e Polícia Civil. Também estamos tentando contato com a Prefeitura de São Mateus, organizadora do evento. Este texto vai ser atualizado assim que houver retorno.

Sobre o caso