sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomePolítica'É preciso fortalecer democracia e condenar qualquer ato autoritário', diz Casagrande

‘É preciso fortalecer democracia e condenar qualquer ato autoritário’, diz Casagrande

Governador participou do evento "Democracia Inabalada", no Congresso Nacional, que marca um ano dos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), participou nesta segunda-feira (8) do evento “Democracia Inabalada”, no Congresso Nacional, que marca um ano dos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023.

Publicidade

“Ato em defesa da democracia, relembrando 1 ano, dos ataques que a sede dos poderes sofreram, dos ataques que as instituições sofreram, na verdade do ataques que a democracia sofreu. É preciso estar vigilante, para a gente poder preservar e proteger a democracia brasileira, para que a gente possa aperfeiçoar as nossas instituições, fortalecendo nossa democracia, e com isso a gente levar dignidade à população brasileira. Estar vigilante, estar acompanhando, condenando qualquer ato autoritário é importante, porque nós não temos outro caminho a não ser proteger a democracia brasileira”, disse Casagrande.

Publicidade

Segundo a organização do ato, cerca de 500 pessoas participaram do evento, entre as quais, além do presidente Lula (PT), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), ministros do governo, magistrados do Supremo Tribunal Federal (STF), governadores e parlamentares.

Para o evento, a segurança no entorno das sedes dos Três Poderes foi reforçada, e o acesso aos prédios sofreu bloqueios. Atuam em conjunto os efetivos das forças de segurança locais do Distrito Federal, das polícias do Congresso e do Supremo, além das polícias Federal e Rodoviária Federal.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), era aguardado, mas alegou um problema de saúde de um familiar, e não compareceu.

No evento, a ministra da Cultura, Margareth Menezes, cantou o Hino Nacional. E foi exibido um vídeo com imagens da depredação e da recuperação dos prédios dos Três Poderes.

*Com informações de g1

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE