quarta-feira, junho 12, 2024
spot_img
HomeDestaqueEDP fortalece ações de combate à pobreza energética

EDP fortalece ações de combate à pobreza energética

Acesso à Tarifa Social, sistemas de captação solar para redução da conta de energia, ações educativas e Edital para projetos sociais estão entre as iniciativas da Distribuidora

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, aproveita a celebração do Dia Mundial da Energia em 29 de maio para destacar um conjunto de ações desenvolvido com o objetivo de combater os efeitos da pobreza energética nas comunidades vulneráveis localizadas nas áreas de concessão da distribuidora. As ações são voltadas ao fortalecimento da cidadania, à educação socioambiental e ao acesso democrático a esse bem de consumo essencial.

Publicidade

A pobreza energética refere-se à ausência de acesso a esse serviço, por pessoas, grupos ou quando os indivíduos enfrentam dificuldades de ordem física, tecnológica e econômica no acesso à energia.

Publicidade

“Queremos promover uma transição justa de energia, sem deixar ninguém para trás. A EDP tem um compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, nesse caso em especial o de número 7 (Energia Limpa e Acessível). Para isso, buscamos iniciativas que levem a energia a comunidades isoladas ou que ajudem a população mais vulnerável a um consumo de forma sustentável. Também identificamos na educação um vetor de conscientização e transformação social”, destaca Dominic Schmal, diretor de Sustentabilidade da EDP.

Entre os exemplos de ações desenvolvidas na área de concessão estão o projeto Comunidade Solar implantado na comunidade de Jabaeté (ES), a busca ativa de famílias com direito à Tarifa Social de Energia Elétrica e o Edital para projetos socioambientais. Confira abaixo mais detalhes sobre essas iniciativas:

Energia solar na comunidade Jabaeté

Em abril, a EDP deu início ao projeto Comunidade Solar, que vai levar energia solar e capacitação profissional, para a comunidade de Jabaeté, em Vila Velha. Na primeira fase, estão sendo instaladas painéis solares em três espaços da comunidade, sendo o Projeto Tons de Amoras, o Instituto GG5 e a Associação de Moradores.

O uso de energia solar pelas instituições beneficiadas vai gerar uma economia de cerca de 50% na conta de energia. A iniciativa está sendo realizada em parceria com a Revolusolar, associação sem fins lucrativos que implantou a primeira cooperativa solar social do Brasil na Favela da Babilônia, no Rio de Janeiro.

A segunda fase do projeto, que também está em andamento e deve ser concluída em junho, 20 moradores participam de uma formação técnica gratuita, com certificação, em Manutenção e Instalação de Sistemas Fotovoltaicos. Com 160 horas de duração, o curso aborda diversos temas como eletricidade predial, fundamentos da tecnologia fotovoltaica, segurança e meio ambiente.

Tarifa Social de Energia Elétrica

A busca ativa de famílias para o cadastro da Tarifa Social de Energia é feita de forma contínua pela EDP, por meio de parcerias com as prefeituras e por meio dos projetos de Eficiência Energética. Atualmente, cerca de 280 mil famílias recebem o benefício na área de concessão no Espírito Santo.

A Tarifa Social de Energia Elétrica é um programa destinado a famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que concede desconto de até 65% no consumo de energia. O objetivo da Tarifa Social de Energia Elétrica é garantir o benefício do desconto na conta de luz às famílias em situação de vulnerabilidade social.

EDP Energia Solidária

Em 2024, a EDP vai destinar até R$ 500 mil para o desenvolvimento de iniciativas que atendam às necessidades de comunidades vulneráveis em relação ao acesso à energia, à eficiência energética e ao combate da pobreza energética.

O edital está aberto e as inscrições terminam no dia 31 de maio. O regulamento completo e o cadastro dos projetos estão disponíveis por meio do site https://prosas.com.br/editais/14501-edp-energia-solidaria.

Sobre a EDP no Brasil

O grupo EDP atua em quatro regiões mundiais – América do Norte, Ásia Pacífico, Europa e América Latina – e está presente no Brasil há mais de 27 anos. Suas empresas, EDP Brasil e EDP Renováveis Brasil, possuem R$ 41 bilhões em ativos no país, caracterizando essa como a segunda maior operação do grupo. A empresa conta com mais de 12 mil colaboradores diretos e terceirizados no Brasil e atua nos segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia, além de desenvolvimento, construção e manutenção de ativos eólicos, solares e hidrogênio verde. A EDP oferece ainda soluções de energia voltadas ao mercado B2B, como geração solar distribuída, mobilidade elétrica e venda de energia no mercado livre. Em Distribuição atende cerca de 3,8 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo.

Referência em ESG, a EDP voltou a ser reconhecida como a empresa elétrica mais sustentável do mundo pelo índice Dow Jones, além de ter sido incluída no índice de Igualdade de Género da Bloomberg. Em seus mercados de atuação na Europa e América do Sul – Brasil, Chile e Colômbia – a EDP conquistou o Top Employer 2024, além de ter sido eleita por quatro anos consecutivos a empresa mais inovadora do setor elétrico brasileiro pelo Valor Econômico.

 

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE