segunda-feira, abril 15, 2024
spot_img
HomeDestaqueEDP reforça dicas de economia de energia para o outono

EDP reforça dicas de economia de energia para o outono

Estação que teve início em 20 de março ese estende até junho marca um período de transição, caracterizado por mudanças abruptas nas condições climáticas

Com a chegada do Outono, as temperaturas tendem a diminuir devido à chegada de sistemas frontais acompanhados de massas de ar frio, que se intensificam ao longo da estação. No Espírito Santo, a previsão é que comece com chuvas e termine com o clima mais seco. A mudança no tempo vai ser percebida já na primeira semana do Outono, com indicação do Climatempo para uma frente fria e alerta para risco de fortes temporais.

Publicidade

Diante desse cenário, a EDP, distribuidora de energia do Espírito Santo, reforça a importância de adotar cuidados para evitar o desperdício e a elevação na conta de luz durante esse período. As temperaturas mais amenas e a diminuição das ondas de calor acabam ocasionando algumas mudanças no comportamento dos capixabas em suas casas, o que pode impactar no consumo de energia de alguns equipamentos.

Publicidade

O ar-condicionado e a geladeira, por exemplo, reduzem a pressão sobre a fatura de energia com a temperatura climática mais amena, enquanto o chuveiro volta a apresentar um consumo cada vez maior. Outro ponto importante se refere à iluminação, já que a incidência de luz solar começa a apresentar redução ao longo do dia, o que acaba gerando um consumo maior com as lâmpadas.

“Cada estação traz as suas particularidades e precisamos estar atentos a pequenos ajustes nos hábitos de consumo para que o impacto sobre a fatura seja o menor possível. Lembrando que o ideal é manter o uso racional e seguro da energia ao longo de todo o ano”, ressalta o gestor da EDP, Adilson Herzog.

Confira abaixo dicas para economizar energia durante o outono:

• Ar-condicionado e ventilador
O ar-condicionado é um dos aparelhos que mais consome energia, principalmente se utilizado em temperaturas baixas ou por longos períodos. No outono, já é possível diminuir o uso do equipamento ou, se houver necessidade, substituir pelo ventilador. Um ventilador de teto utilizado na velocidade média pode consumir até 11 vezes menos que um ar-condicionado.

• Geladeira
A geladeira corresponde, em média, a 30% do consumo total de uma casa. Com a temperatura mais baixa, a potência também pode ser reduzida. Além disso, antes de abrir a geladeira, pense no que precisa e reduza o tempo em que a porta ficará aberta. O aparelho deve ficar longe de locais quentes, como o fogão ou áreas que pegam sol. Recomenda-se ainda que geladeiras e refrigeradores sejam instalados afastados da parede em pelo menos 10 cm.

Além disso, verifique as vedações de borracha da porta para evitar entrada de calor externo. Nunca seque roupas atrás da geladeira e não guarde alimentos quentes. Faça sempre o degelo do aparelho, caso o modelo não seja frost free.

• Chuveiro elétrico
A chegada do outono traz aquela vontade de alterar a posição do chuveiro para uma temperatura mais elevada. Prefira, se possível, os momentos mais quentes do dia para o banho e reduza o tempo de permanência sob o chuveiro para economizar energia e água.

• Forno elétrico
Procure usar o forno elétrico em sua capacidade máxima, aproveitando para assar todos os alimentos de uma vez só. Evite abrir e fechar a porta frequentemente e prefira acender a luz interna para verificar a condição dos alimentos.

• Máquina de lavar roupa e secadora
É mais eficiente em termos de energia secar roupas ao ar livre. Quando a máquina é utilizada, consome bastante energia. Opte por utilizar máquinas de lavar em sua capacidade máxima.

• Ferro de passar roupa
Seu uso frequente pode representar um consumo considerável de energia. O ideal é reunir um volume de peças e passar todas de uma vez.

• Computadores e equipamentos eletrônicos
Os dispositivos eletrônicos consomem energia mesmo em modo de espera, contribuindo para o consumo total. Evite deixar aparelhos em stand-by e desligue-os quando não estiverem em uso.

Com relação ao televisor é importante desligar o aparelho se não houver alguém assistindo. Na hora de dormir, caso queira ficar com a tv ligada, coloque o modo “soneca” para o desligamento automático.

• Lâmpadas
Mantenha cortinas e persianas abertas durante o dia para aproveitar a luz solar ao máximo e reduzir a necessidade de iluminação artificial. Sempre que deixar um ambiente, desligue a luz.

Opte por equipamentos mais eficientes em termos energéticos, como lâmpadas LED e aparelhos classificados com alta eficiência energética, pode ajudar a reduzir o consumo e os custos.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE