terça-feira, junho 18, 2024
spot_img
HomeDestaqueEMEF Veneciano faz parte de projeto piloto de biodigestão

EMEF Veneciano faz parte de projeto piloto de biodigestão

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, deu início ao projeto de implantação do sistema de biodigestão no município.

Publicidade

A iniciativa promove o tratamento local de resíduos orgânicos alimentares, reduz o consumo de gás de cozinha e amplia os recursos didáticos com foco nos processos naturais abordados no currículo do ensino fundamental.

Publicidade

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Victor Cremasco, a decisão de implementar os biodigestores veio após um estudo criterioso de suas funcionalidades e da identificação dos benefícios. A proposta é instalar o primeiro equipamento na EMEF Veneciano.

Ele ressalta, ainda, a importância do projeto começar em uma unidade de ensino. “O volume de  resíduos sólidos de uma instituição de ensino é consideravelmente alto, foi pensando nisso e na melhor forma de gerenciamento dos resíduos orgânicos que optamos pela instalação em uma escola inicialmente. O sistema é uma solução eficiente de saneamento e saúde ao reduzir o volume enviados para aterros sanitários e lixões, diminuindo também os gastos com operações de coleta e transporte. Todos temos a ganhar: município, escolas e nós, enquanto cidadãos conscientes do futuro que queremos deixar para as próximas gerações”, disse.

Segundo a secretária de Educação, professora Wanessa Zavarese Sechim, esta ação está alinhada aos objetivos propostos no currículo da rede, pois nele tem o tema integrador, que deve ser articulado com todos os componentes curriculares. “A proposta nos foi apresentada, nossa equipe técnica-pedagógica e a diretora escolar participaram  de várias reuniões e entendemos a importância desse sistema, pois, além dos benefícios para o meio ambiente e da economia com gás de cozinha, ainda é uma forma concreta de trabalhar educação ambiental, por se tratar de uma atividade diferenciada, prática, levará a um maior envolvimento dos nossos alunos, tornando-os protagonistas do processo de aprendizagem”, salientou a gestora.

O biodigestor é um sistema construído a partir de materiais resistentes a temperaturas severas, que possui um reservatório, onde serão depositados os resíduos sólidos para serem transformados em biogás: uma fonte renovável e limpa de energia, evitando a queima adicional de combustíveis fósseis e, portanto, uma maneira de combater a mudança climática global.

Os biodigestores diminuem as emissões de gases de efeito estufa, capturando o biogás e utilizando-o como combustível, em vez de deixá-lo dissipar-se na atmosfera sem uso.  Para além desses benefícios, em baixa pressão, o gás flui diretamente para o fogão conectado, ascendendo sem  demora, fornecendo uma chama constante para cozinhar.

A EMEF Veneciano, unidade onde será implantado o projeto piloto, conta com um amplo espaço para a instalação do sistema e produção de hortas, já que através do biodigestor, serão gerados fertilizantes, que poderão ser utilizados nelas, além do equipamento estar interligado ao espaço da cozinha levando o gás produzido neste processo.

“Estamos felizes e com excelentes expectativas para a instalação dos biodigestores em nossa escola. Com ele vamos ter a oportunidade de fazer várias atividades com nossos alunos, desde a parte de conscientização como a de dar a oportunidade a eles de executar de fato o trabalho com autonomia, um exemplo disso serão a formação de horta escolar para plantação de temperos verdes, onde utilizaremos os fertilizantes produzidos aqui ”, disse a diretora escolar, Lorena Pilon.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente promoverá, entre os dias 30 de maio e 04 de junho, a Semana do Meio Ambiente, na Praça Adélio Lubiana, e nela, dentre outras ações, está prevista a exposição de um biodigestor para que a população possa conhecer de perto o sistema.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE