domingo, abril 14, 2024
spot_img
HomeDestaqueEscola veneciana conscientiza alunos no Dia Internacional da Síndrome de Down

Escola veneciana conscientiza alunos no Dia Internacional da Síndrome de Down

Criada em 2006 com o objetivo de celebrar a vida das pessoas com síndrome de down e garantir que elas tenham as mesmas liberdades e oportunidades das demais, o dia 21 de março foi escolhido em alusão à presença de três cópias do cromossomo 21 nas pessoas com sintomas, em vez de duas, existentes nas demais.

Publicidade

Com o intuito de conscientização de defesa dos direitos, de inclusão e bem estar, a EMEIEF Lourdes Scardini desenvolveu atividades relacionadas à comemoração.

Publicidade

Os professores trabalharam o tema “Inclusão se faz com amor”. Os alunos realizaram pinturas, confecção do símbolo da causa e cartazes, que foram afixados nas paredes do ambiente escolar. Além de todas essas atividades, os alunos do 1° ao 5º ano assistiram o filme Uma amiga diferente.

“Nossa escola comemorou de um jeito especial. Relembramos esse dia, explicando sobre a condição da pessoa nascer assim, e, por meio de um texto, de vídeos e, principalmente, envolvendo todos os alunos e professores para se conscientizarem da importância de respeitarmos as diversidades. Com isso, cada turma pintou um lacinho com as cores azul e amarelo, simbolizando a síndrome, em seguida, cada criança pregou em um ponto estratégico o lacinho pintado, demonstrando o quanto eles e todos da escola apoiam a inclusão e respeitam o colega, independente da sua característica”, disse a diretora da unidade escolar, Elaine Boldrine.

A rede municipal de ensino de Nova Venécia conta hoje com sete alunos matriculados com síndrome de Down.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que cerca de 300 mil pessoas têm síndrome de Down no país. A cada 700 crianças nascidas vivas no Brasil uma é acometida pela alteração genética.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE