sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueEscravidão e racismo na história capixaba

Escravidão e racismo na história capixaba

Fruto de uma tese de doutorado, com análises minuciosas de 29 autos criminais capixabas, o livro “A Verdade dos Processos”, do professor e advogado Raphael Americano Câmara, será lançado na próxima terça-feira, 29/06, às 19 horas, por meio da plataforma Google Meet. “Tive a intenção de identificar comportamentos sociais, códigos de valores e aspectos da vida cotidiana da época e espero que esse material seja instrumento para uma melhor compreensão de nossa sociedade hoje, notadamente a capixaba”, comenta o autor.

Publicidade

Para Câmara, foi um desafio estruturar a história do Espírito Santo por meio dos autos, com toda a objetividade requeridas em pesquisas acadêmicas. “As fontes oficiais do Império nem sempre retratam nossa dura realidade social e econômica, levando o pesquisador às buscas minuciosas das falas, das entrelinhas e dos silêncios. Desse contraste espera-se a verdade, ou algo próximo à verdade, descortinando as ideologias oportunistas e o apego ao horror da escravidão, sempre expressado de modo dissimulado”, conta.

Publicidade

A obra traz a apresentação escrita pela atual vice-governadora, Jacqueline Moraes, enfatizando que esse é um livro a serviço da Justiça, que, além de criar uma importante memória capixaba, detalha casos envolvendo a pior injustiça da história de nosso país: a escravidão. “Que sua leitura seja ampla, que as verdades aqui inscritas nos inspirem a todas e todos à construção de uma história cada vez mais livre de tantas e tantas marcas terríveis, oriundas de uma era tão nefasta, mas ainda presentes em nossa sociedade. Que este livro nos ajude a promover, a cada dia, mais e mais a justiça”.

O desembargador Willian Silva, que cuidou do prefácio da obra, destaca a importância das análises e da linguagem utilizada com o intuito de facilitar a leitura de questões jurídicas e alcançar públicos diversos, estudiosos da área ou leigos. “Na obra, de leitura fácil e envolvente, o autor propõe caracterizar o cotidiano escravista na Vitória do século XIX; cotidiano que o próprio autor é muito feliz em definir não apenas como o dia a dia dos indivíduos, monótono e repetitivo, mas como também verdadeira trama da vida, com suas disputas, acordos, violências e afetos”, escreveu.

O autor Raphael Câmara recebeu, este ano, um Voto de Louvor na Câmara Municipal de Vitória (CMV), por indicação do ex-vereador Mazinho dos Anjos, pela elaboração da obra. ” A propositura do Voto de Louvor se justifica pela dedicação do meu amigo Raphael Câmara à advocacia. Zeloso professor e operador do Direito que é, certamente tem muito a ensinar”, diz Davi Esmael, vereador e atual presidente da CMV.

Pré-lançamento

O advogado está realizando lives pelo instagram (@raphaelcamara1975) para falar sobre o lançamento do livro. Na primeira transmissão ao vivo, no dia 22/06, conversou com a vice-governadora, Jacqueline Moraes. A próxima live será no dia 24/06, às 19 horas, com o Desembargador Fernando Zardini Antônio.

Sobre o autor

Raphael Câmara é advogado, graduado em Direito pelo Centro Universitário de Vila Velha (atual Universidade de Vila Velha – UVV), mestre e doutor em História Social das Relações Políticas pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). É também professor do Programa de Pós-Graduação em História da Ufes e atualmente cursa o pós-doutorado pela mesma universidade.  O livro “A verdade dos Processos – Escravagismo e cotidiano na Comarca de Vitória segundo autos criminais do século XIX” é seu segundo livro, fruto de um trabalho de pesquisa para o doutorado.

Como adquirir

O livro ficará a venda pelo site https://raphaelcamara.com.br/ a partir de 28/06. Estará disponível em versão física e virtual.

Lançamento do Livro A VERDADE DOS PROCESSOS

Terça-feira, 29 de junho, às 19 horas.

Google Meet

Link da videochamada: https://meet.google.com/fjz-uqbh-qkf

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE