quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueGoleiro veneciano comemora título da Série C do Campeonato Brasileiro com o...

Goleiro veneciano comemora título da Série C do Campeonato Brasileiro com o Mirassol: “Coisa de outro mundo”

O goleiro Vinícius Fávero Taquini, 20 anos, saiu de Nova Venécia ainda muito jovem, em busca de realizar um só sonho: se tornar jogador profissional de futebol.

Publicidade

Os anos se passaram e o jovem, que começou no Cruzeiro, passou pelo Bahia, e chegou em outubro de 2021 às categorias de base do Mirassol, clube do interior de São Paulo, não imaginava que tudo aconteceria tão rápido em sua vida.

Publicidade

Vinícius chegou em um surpreendente Mirassol, que só caiu nas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, nos pênaltis para o Santos – que mais tarde, viria a se tornar vice-campeão da competição.

As boas atuações do goleiro chamaram a atenção da comissão técnica do elenco profissional, que começou uma espécie de transição com o jovem, mesclando entre treinos e presença no banco de reservas no Campeonato Paulista e na Série C do Campeonato Brasileiro, e atuações no Campeonato Paulista Sub-20.

Após ser eliminado na terceira fase do Campeonato Paulista Sub-20, Vinícius, então, se tornou o terceiro goleiro da equipe profissional, sendo relacionado para jogos da Série C contra clubes como ABC, Remo, Campinense, Atlético (CE), Brasil de Pelotas, Paysandu, o do acesso contra a Aparecidense, onde foi o reserva imediato. Algumas semanas depois, veio sua maior conquista: o título de campeão brasileiro da Série C, conquistado no último dia 08, com uma vitória por 2 a 0 sobre o ABC (RN).

“Foi coisa de outro mundo, é um sonho que vivemos. Ser campeão era um dos meus sonhos e estar vivendo aquela atmosfera como profissional, subir, ganhar o primeiro título, sem palavras, fiquei muito feliz”, disse Vinícius em visita à Rede Notícia na última semana, aproveitando o período de férias em Nova Venécia.

O grande símbolo da mudança do Mirassol é o centro de treinamento levantado com parte da venda do atacante Luiz Araújo, do São Paulo, em 2017.

Revelado pelo Mirassol, o jogador logo se transferiu para o São Paulo após chamar atenção nas categorias de base. Ele foi vendido pelo Tricolor ao Lille, da França, em 2018. Como ainda tinha 20% dos direitos, a equipe do interior embolsou uma bolada, que foi investida na estrutura.

Do total de R$ 9 milhões colocados na construção do CT, cerca de R$ 6,5 milhões foram da venda do atacante. O local conta com quatro campos, academia, vestiários, sala de imprensa, lavanderia, cozinha e refeitório, rouparia e 20 apartamentos, que podem acomodar até 40 jogadores.

E foi lá que Vinícius foi recebido pela equipe e é lá que ele mora atualmente. “É o mais importante para o desenvolvimento, oferecem de tudo. É tudo muito diferente, de outro mundo. Esse primeiro ano foi muito importante para o meu amadurecimento e ver como são as coisas. Esse período que subi e fiquei também foi fundamental, foi disparado o melhor ano da minha carreira, com uma boa campanha na Copinha, experiência e título”, ressaltou.

Outro fator importante para a campanha meteórica do Mirassol e para sua adaptação ao clube, segundo Vinícius, foi a torcida, que ele fez questão de exaltar. “É muito acolhedora, no pré-jogo foram no CT, dão apoio nos treinos, no jogo interior, cantam o tempo todo, isso faz a gente jogar sempre para frente e sermos fortes em casa, tanto é que só perdemos um jogo no nosso estádio, lá no fim da primeira fase, contra o Vitória por 2 a 1”, falou.

Quando chegou na cidade, o veneciano afirmou que não conhecia ninguém, mas alguns fatores colaboraram para ele se sentisse em casa. “A cidade é muito tranquila é quando cheguei no sub-20, me acolheram muito bem”.

Hoje, o atleta fala com a família diariamente por telefone. “Dessa vez, foi o período que mais fiquei longe, um ano, e a saudade sempre tem, mas estou fazendo algo sempre quis, e isso acaba balanceando”, contou ele, que de dentro do campo mesmo, após o título da Série C, ligou para a mãe e para o irmão, que estavam assistindo ao jogo, para comemorar.

Com contrato até maio de 2023, Vinícius se reapresenta na próxima segunda-feira, dia 31, no sub-20, para começar a preparação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior. “Primeiro, vou focar em fazer boa Copinha, ter espaço, até porque será minha última competição de categoria de base. Depois, vamos pensar em Série B e renovação de contrato, para poder ter espaço, até porque sou novo”, concluiu o atleta veneciano. Vinícius Fávero Taquini. para a Rede Notícia..

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE