segunda-feira, abril 15, 2024
spot_img
HomeDestaqueGoverno do Estado anuncia modernização na identificação civil e criminal na Polícia...

Governo do Estado anuncia modernização na identificação civil e criminal na Polícia Civil

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta quinta-feira (19), a implantação do novo sistema que fará a identificação civil e criminal na Polícia Civil do Espírito Santo (PCES). Foram investidos cerca de R$ 10 milhões na aquisição do software automatizado de pesquisa de impressões digitais e face (ABIS). A expectativa é de que, com esta nova ferramenta tecnológica, alguns fluxos na confecção da carteira de identidade sejam extintos, tornando o processo bem mais célere.

Publicidade

O contrato prevê a instalação do sistema ABIS, além de um novo sistema de tratamento e gestão de dados e informações na identificação de pessoas, tanto civil quanto criminalmente. O acordo inclui ainda a prestação de serviços e instalação de equipamentos de coleta biométrica em 10 postos de identificação, digitalização do acervo físico do Departamento de Identificação e todo serviço de impressão de carteiras de identidade. A previsão é que o sistema passe a funcionar ainda neste primeiro trimestre.

Publicidade

Durante a visita à Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) da Polícia Civil, o governador Renato Casagrande acompanhou o funcionamento do Sistema de Identificação Balística (SIB), no Departamento de Criminalística da PCES. Desde a implantação do SIB, em março do ano passado, a Polícia tem obtido resultados importantes em diversas investigações de homicídios por arma de fogo.

“Estou conhecendo de perto algumas das tecnologias que estão trazendo para o Espírito Santo dentro do trabalho de reestruturação das forças de segurança, por meio do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. O novo sistema de identificação civil vai permitir a solução do problema na emissão de carteiras de identidade. Já por meio do Sistema de Identificação Balística, conseguimos identificar 124 projéteis, assim chegamos à arma que foi utilizada e também até os criminosos. Quanto mais investimentos em tecnologia e na qualificação dos nossos peritos, mais conseguimos reduzir a impunidade”, afirmou o governador.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, reforçou a importância do avanço da tecnologia nas forças policiais do Espírito Santo. “O governador nos pediu empenho nessa nova gestão para entregarmos polícias modernas, com serviços mais ágeis e eficientes ao cidadão. Com esse sistema [ABIS] teremos facilidade na confecção da identidade civil, ainda contaremos com um banco de dados para uso em investigações, além do impedimento de fraudes na confecção das carteiras de identificação”, pontuou.

“Uma vez implantado, o sistema ABIS poderemos fazer busca de impressões digitais com apenas fragmentos e podendo integrar com diversos sistemas estaduais e nacionais, tais como: cerco inteligente na identificação facial; busca em outros bancos de dados estaduais, mediante acordos de cooperação; novo RG federal”, disse o superintendente de Polícia Técnico-Científica, Carlos Dal-Cin.

Sistema de Identificação Balística

O SIB foi implantado com o objetivo de realizar a captura de imagens de elementos de munição (estojos e projéteis), provenientes de locais de crime, de vítimas e de armas de fogo, para a inserção no Banco Nacional de Perfis Balísticos e posterior correlação automatizada, a fim de formar uma rede integrada em nível nacional.

O primeiro SIB entrou em operação na Seção de Balística da Polícia Civil do Espírito Santo em março de 2022 e, no mês de outubro de 2022, foi instalado um segundo SIB adquirido pelo Governo do Estado.

Desde a implantação do SIB, o Departamento tem obtido resultados extremamente importantes para diversas investigações de homicídios por arma de fogo. Em apenas dois meses de funcionamento, foi confirmado o 1º hit (ligação) do sistema e, até o momento, foi confirmado 124º hit, tornando o Espírito Santo o primeiro estado brasileiro a confirmar 100 ligações positivas no Sistema Nacional de Análise Balística (Sinab).

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE