quinta-feira, julho 25, 2024
spot_img
HomeCrimeGrávida é acordada, implora pela vida e acaba assassinada a tiros...

Grávida é acordada, implora pela vida e acaba assassinada a tiros dentro de casa no ES

Kimberly de Oliveira da Cruz tinha 23 anos estava na casa do namorado, que foi poupado pelo atirador.

Uma mulher de 23 anos, identificada como Kimberly de Oliveira da Cruz, foi acordada e assassinada a tiros dentro da casa do namorado, na madrugada desta quinta-feira (5), no bairro Nova Carapina II, na Serra, município da Região Metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo. Kimberly estava grávida de três meses, segundo os familiares.

Publicidade

Segundo o Boletim de Ocorrência da Polícia Militar, no local, a equipe fez contato com um homem de 21 anos que afirmou que estava na sala da casa com a namorada, de 23, dormindo em colchão no chão, quando um suspeito invadiu o imóvel, surpreendendo ele a mulher. O indivíduo ordenou que o homem fosse para o banheiro e neste momento ele disse que ouviu o suspeito fazendo algumas perguntas para a namorada dele e em seguida escutou disparos. O namorado escutou o momento em que Kimberly implorou ao suspeito: “Não me faça isso, estou grávida”. Mas mesmo assim o assassino disparou, resultando em seis perfurações no corpo vítima: dois no tórax, três no pescoço e um no rosto.

Publicidade

Ainda conforme a PM, o namorado da vítima saiu do banheiro e encontrou a mulher baleada em um colchão que estava na sala. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192), foi acionado e constatou o óbito da vítima. O autor do crime fugiu e não foi localizado.

Procurada pela Rede Notícia, a Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM). Até o momento, nenhum suspeito foi detido e detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.    

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE