quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeCrimeHelicóptero, perseguição, tiros e prisões: Pedro Canário vive dia de terror

Helicóptero, perseguição, tiros e prisões: Pedro Canário vive dia de terror

Confronto começou quando investigadores foram cumprir ordem de prisão contra assassino, informou Secretaria de Segurança

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Pedro Canário, com o apoio da Superintendência de Polícia Regional Norte, da Polícia Militar e do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo (Notaer), realizou uma operação nesta sexta-feira (29), para prender suspeitos de envolvimento em um ataque a tiros contra policiais civis.

Publicidade

A ação teve início quando investigadores da Delegacia de Polícia de Pedro Canário e Jaguaré estavam realizando diligências no município de Pedro Canário com o objetivo de localizar um foragido por homicídio do estado da Bahia. Durante as diligências, os policiais avistaram três suspeitos portando pistolas. Ao se aproximarem para abordá-los, foram recebidos com disparos de armas de fogo. Os investigadores revidaram.

Publicidade
Crédito: Divulgação / Sesp

Após a troca de tiros, iniciou-se uma perseguição que se estendeu até uma região de mata fechada. Durante a perseguição, os suspeitos tentaram fugir em um veículo de cor vermelha, conduzido por um quarto indivíduo. Ao perceberem a presença dos policiais, os suspeitos efetuaram novos disparos contra as forças de segurança. Entretanto, abandonaram o veículo e adentraram novamente a região de mata.

Com o apoio da Polícia Militar e de um helicóptero do Notaer, as buscas continuaram. Até o momento, dois suspeitos foram presos. Com eles, foram encontrados dois aparelhos celulares, 45 pinos de cocaína, 18 porções de maconha, 40 pedras de crack e 16 munições calibre 380.

Durante o confronto armado, uma viatura da Polícia Civil foi atingida por tiros. Os disparos teriam passado próximo de um dos policiais. Ninguém se feriu.

Por nota, a Polícia Civil disse que as equipes seguem empenhadas na localização dos demais envolvidos no ataque aos policiais e nas investigações para esclarecer os motivos por trás do crime.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE