quinta-feira, junho 13, 2024
spot_img
HomeDestaqueHISTÓRICO: Nova Venécia vira contra o Ferroviário e se classifica na Copa...

HISTÓRICO: Nova Venécia vira contra o Ferroviário e se classifica na Copa do Brasil

Histórico: assim podemos resumir o que aconteceu na tarde desta quinta-feira (03), no estádio Zenor Pedrosa Rocha, em Nova Venécia.

Publicidade

O Nova Venécia Futebol Clube fez valer o mando de campo e levou a melhor sobre o Ferroviário (CE). Após sair atrás no placar, o time da casa acabou com a vantagem do adversário, que jogava pelo empate, e fez história no futebol capixaba ao vencer por 2 a 1 e colocar dois clubes do Espírito Santo na segunda fase da Copa do Brasil pela primeira vez – nesta quarta-feira (02), o Real Noroeste eliminou o Operário-PR.

Publicidade

Wandson abriu o placar para o Ferroviário ainda no primeiro tempo. O gol do Nova Venécia veio na etapa final, com Patrick de cabeça. Já nos minutos finais, Carlos Vitor, em cobrança de pênalti, levantou a galera do estádio, concretizando a virada do time veneciano.

Com a classificação, o Nova Venécia vai enfrentar, na 2ª fase da Copa do Brasil o Atlético-GO, que venceu o União Rondonópolis-MT por 3 a 0, na noite desta quinta, no estádio Luthero Lopes. O jogo será no Estádio Antonio Accioly, em Goiânia.

A partida da próxima fase ainda nãtem data e hora definidos pela CBF. Em caso de empate em novo confronto em jogo-único, a decisão será por pênaltis.

Faz o PIX, CBF!

Pela partida de ontem, o Nova Venécia recebeu R$ 620 mil e, com a classificação, o clube vai embolsar mais R$ 750 mil na próxima fase.

O JOGO

O jogo começou quente. O Nova Venécia chegou com perigo com Gabriel Beck e depois fez Jonathan salvar duas vezes. Na sequência, Alemão chutou de forma perigosa. Harrison saiu muito mal do gol, falhou e quase o Tubarão abriu o placar. Aos 39 minutos, o Ferroviário marcou com Wandson.

Os dois times começaram com boas chances, uma para cada lado. Aos 22, Patrick marcou de cabeça para o Nova Venécia. Dessa vez, Jonathan não conseguiu agarrar. Aos 26, Max cabeceou muito bem, mandou por cima da meta, mas assustou. O apoio da torcida foi capaz de levar o Nova Venécia à vitória. De pênalti, Carlos Vitor fez o gol da classificação.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE