sexta-feira, julho 19, 2024
spot_img
HomeCrimeJovem é assassinada, carro é apreendido após perseguição e suspeitos fogem em...

Jovem é assassinada, carro é apreendido após perseguição e suspeitos fogem em Colatina

A vítima foi identificada como Luara Nunes Vicente Xavier, 22 anos.

Uma jovem de 22 anos, identificada como Luara Nunes Vicente Xavier, foi assassinada a tiros na noite desta segundas-feira (15), no meio da rua no bairro São Pedro, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. Segundo o capitão Carlos Balbino, da Polícia Militar, o carro usado pelos assassinos foi apreendido após uma perseguição policial.

Por nota, a Polícia Militar informou que na noite de segunda-feira (15), policiais militares foram acionados para verificar a informação de que quatro indivíduos armados teriam atirado próximo a um bar no bairro São Pedro, Colatina.

Publicidade

Durante o deslocamento, informações complementares davam conta de que havia uma vítima, aparentemente fatal, e que os suspeitos desceram pela escadaria dos becos e entraram em um veículo e fugindo em direção à Avenida Sílvio Avidos.

Publicidade

Nas imediações de um estabelecimento, uma viatura avistou um Prisma em uma velocidade incompatível com a via, realizando manobras arriscadas e arrastando pneu, o que gerou uma suspeita para que começasse um acompanhamento.

O condutor do veículo aumentou a velocidade, ultrapassando o sinal vermelho.

Também havia um outro carro, Gol, entre a viatura e o Prisma, em alta velocidade e fazendo manobras que atrapalhavam uma possível ultrapassagem.

Nas imediações da Ponte Florentino Avidos, o trânsito parou e o Prisma entrou na contramão de direção sobre a ponte. Neste instante, foi informado, via rádio, sobre o fato e outra viatura cercou a ponte do lado de um posto.O carro, em alta velocidade, continuou na contramão de direção e desobedeceu a todas as ordens de parada emanadas pelos policiais, tendo um policial se jogado no chão para não ser atropelado.

Outra equipe continuou o acompanhamento até o bairro São Vicente, quando nas imediações de uma antiga rádio, o Prisma colidiu com uma motocicleta. Os dois ocupantes da moto caíram na via e o automóvel continuou a fuga.

Depois de algum tempo, populares na rua começaram a indicar o bairro Bela Vista. O veículo foi localizado estacionado e trancado na Avenida Silvani Lopes sem ninguém no interior.

Próximo ao local, os policiais perceberam que haviam residências com sistemas de monitoramento e com a ajuda de populares conseguiram ver que somente um homem havia descido do carro, bem como suas características e a direção em que ele havia fugido.

Foi realizado um cerco nas imediações e uma equipe, que estava em patrulhamento pelo bairro Vista da Serra, percebeu quando um indivíduo, em um Gol parou para perguntar a um transeunte em que bairro estava. Este fato gerou uma suspeita na guarnição e a abordagem foi realizada.

Ao ser questionado, o motorista, muito nervoso e apreensivo, respondeu que estava ali para buscar um passageiro. No momento da abordagem, o telefone do condutor tocou e ele atendeu no viva voz. Do outro lado da linha, alguém informou a localização de onde havia abandonado um carro e que para buscá-lo.

Imediatamente, os policiais foram ao local, juntamente com o condutor, e abordaram um indivíduo, que ao perceber a presença policial tentou fugir, mas foi perseguido e detido.

O indivíduo abordado tinha as mesmas características do homem que saiu do Prisma anteriormente, bem como estava com a chave do referido veículo no bolso.

Ele negou ter participado de qualquer crime, dizendo aos militares que devia dinheiro a traficantes de Colatina velha e estes fizeram uma proposta que se ele não dirigisse o carro, morreria. O indivíduo também disse que estacionou o veículo, próximo a uma escola, e aguardou os outros indivíduos retornarem. Ele informou também que foi ameaçado a dirigir o veículo em fuga.

Uma guarnição reconheceu o veículo Gol, bem como o condutor dele, como sendo o mesmo veículo que estava entre a viatura e o Prisma, em fuga, atrapalhando a ação policial no início da ocorrência.

O condutor do Gol entrou em contradição sobre conhecer ou não o outro abordado. Também negou a todo instante que não estava em no bairro São Silvano, porém ao ser questionado pelos locais que passou e semáforos que avançou, ele confessou que estava com o Prisma desde a região de São Silvano, após ter recebido uma ligação do outro indivíduo pedindo uma corrida.

Após realizadas buscas no Gol e foi encontrada a quantia de R$ 254,25 reais em moedas e em espécie. No interior do Prisma, foi encontrado uma touca ninja camuflada no banco traseiro e uma munição calibre 380 intacta, no fundo do carro lado do carona.

Ao verificar a placa do prisma, apareceu no sistema um outro carro. O chassi indicava que o veículo tinha restrição no Rio de Janeiro.

Os carros foram guinchados e os indivíduos conduzidos até a 15ª Delegacia Regional de Colatina.

Após o término das ações, os policiais foram informados que a vítima dos disparos foi a óbito no local. A Perícia foi acionada.

A Polícia Civil informou que dois suspeitos, de 20 e 30 anos, conduzidos à Delegacia Regional de Colatina, foram autuados em flagrante por homicídio qualificado por recurso que dificulte ou torne impossível a defesa da vítima, tentativa de homicídio qualificado cometido contra agente de segurança pública, duas tentativas de homicídio com dolo eventual, conduzir veículo adulterado, receptação e dirigir gerando perigo de dano. Ambos foram encaminhados ao sistema prisional.

O corpo foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Colatina, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE