sábado, fevereiro 24, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoJustiça manda prender ex-vice-prefeito suspeito de assassinar mulher no ES

Justiça manda prender ex-vice-prefeito suspeito de assassinar mulher no ES

Celio Martins Morales (PSD) é procurado suspeito de matar a companheira, Vanusa Spala Almeida, de 41 anos.

A Justiça expediu mandado de prisão preventiva, por tempo indeterminado, contra Celio Martins Morales (PSD), ex-vice-prefeito de Ibitirama, no Sul do Espírito Santo, suspeito de matar a companheira, Vanusa Spala Almeida, de 41 anos, entre a noite de sábado (8) e a madrugada de domingo (9) de Páscoa, dentro da casa onde moravam, no município.

Publicidade

A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia (DP) de Ibitirama e o suspeito está com mandado de prisão decretada. Informações sobre seu paradeiro podem ser passadas à polícia por meio do Disque-Denúncia 181.

Publicidade

Ela teria sido encontrada morta dentro do banheiro da própria casa, na madrugada do domingo (9) de Páscoa, caída no chão, de short e blusa, com o corpo molhado, ao lado de uma carabina, calibre 22. Após ligar para parentes, e chamar o socorro, o político disse que a mulher teria entrado no banheiro para tomar banho quando, na versão dele, ela teria tirado própria a vida. No entanto, o ex-vice-prefeito sumiu antes da chegada da polícia.

Nesta segunda-feira (10), o ex-vice-prefeito de Ibitirama, Celio Martins Morales (PSD), se apresentou à Delegacia de Polícia do município, acompanhado de um advogado. Segundo a corporação, ele ficou em silêncio e não respondeu a nenhuma das perguntas feitas pelos investigadores.

O suspeito foi liberado, pois não havia mais flagrante delito e o pedido de prisão solicitado pela polícia nesta segunda-feira (10), ainda não havia sido apreciado pela Justiça.

Político tentou forjar suicídio

De acordo com a Polícia Militar, o Hospital de Ibiritima acionou uma equipe na madrugada do último domingo (9), informando que uma mulher havia dado entrada em óbito na unidade, com ferimento de disparo de arma de fogo na altura do peito.

“No local, socorristas relataram aos militares que foram acionados para atender a suposta ocorrência de suicídio e seguiram até à residência, onde a vítima foi encontrada caída dentro do banheiro, próximo ao vaso sanitário, com uma arma de fogo ao lado. Segundo o marido da mulher, ela teria dito que ia tomar banho e depois de entrar no banheiro teria atirado contra si”, diz a nota divulgada pela PM.

De acordo com a PM, o ex-vice-prefeito teria acompanhado a equipe de resgate até o hospital, no entanto, depois teria desaparecido do local sem passar nenhuma informação do seu paradeiro.

Em seguida a equipe da Polícia Militar prosseguiu até à residência do casal. No local, uma parente, que morava próximo do endereço, atendeu os militares e informou que era por volta das 22h30 quando o homem fez contato telefônico pedindo ajuda, pois a esposa teria cometido suicídio, tendo eles acionado socorro. Ela prestou apoio aos militares e abriu a casa para que o cenário fosse analisado. 

Em averiguação, os militares não encontraram manchas de sangue ou pegadas. Ainda, a casa aparentemente teria sido limpa. Ao questionar a parente, ela disse que não teria mexido no local, apenas trancado tudo após o socorro da vítima.

Buscas foram realizadas por toda a região, mas o ex-vice-prefeito não foi localizado no momento do fato.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE