quarta-feira, fevereiro 28, 2024
spot_img
HomeCidadesLatrocínio no ES: assaltantes viram foto de quando jovem era soldado em...

Latrocínio no ES: assaltantes viram foto de quando jovem era soldado em celular e atiraram

Criminosos atiraram quando viram no celular uma foto do rapaz do tempo em que ele esteve servindo ao Exército

Um jovem de 21 anos, identificado como Charles Helmut Almeida Marques foi assassinado com um tiro na nunca, na noite deste domingo (1º), na Rua Romário João Rodrigues, no bairro Porto de Cariacica, em Cariacica, cidade da Região Metropolitana da Grande Vitória, no Espírito Santo. Charles trabalhava de motoboy quando foi morto. Ele era ex-soldado do Exército Brasileiro. O rapaz havia prestado serviço obrigatório em 2022, sendo desligado naquele ano. O caso foi registrado como latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Publicidade

De acordo com relatos de testemunhas à Polícia Militar, Charles foi perseguido por dois indivíduos em uma motocicleta, que se aproximaram e igualaram a velocidade com a moto do motoboy. Os suspeitos, armados, exigiram que ele entregasse seu celular e sua moto. Durante o assalto, o celular da vítima tocou, revelando uma foto dele durante seu serviço no Exército na proteção de tela. Foi nesse momento que os criminosos atiraram contra Charles e fugiram sem levar nada.

Publicidade

Quando a PM chegou ao local, a equipe localizou a vítima, de 21 anos, caída no chão juntamente com uma moto. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192), foi acionado e constatou o óbito da vítima. A Polícia Civil foi acionada.

Procurada pela Rede Notícia, a Polícia Civil informou que o caso foi registrado, inicialmente, como latrocínio (roubo seguido de morte) e seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Até o momento, nenhum suspeito foi detido e detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE