quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeDestaqueLei Lucas é tema de formação continuada para profissionais da Secretaria Municipal...

Lei Lucas é tema de formação continuada para profissionais da Secretaria Municipal de Educação

A Prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), dando continuidade a Proposta Pedagógica do ano letivo de 2022 e cumprindo o calendário escolar, promoveu na última terça-feira (27), mais uma etapa do Programa de Formação dos Profissionais e Trabalhadores, dessa vez, para vigias, auxiliares de serviços gerais e secretários escolares.

Publicidade

O tema proposto para essas equipes foi o de primeiros socorros, com base na Lei Lucas (13.722/18), já que, ter essa formação, será requisito para trabalhar com crianças na rede municipal de ensino.

Publicidade

A palestra foi conduzida pelo socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da cidade de Belo Horizonte, Vailton Oliveira. “Esse curso tem como objetivo principal orientar como fazer o primeiro atendimento até a chegada de equipes especializadas, Corpo de Bombeiros ou Samu. Baseado na Lei Lucas, conhecida pelo caso da criança vítima fatal de um engasgo, estamos levando esse conhecimento aos profissionais que trabalham diretamente com alunos, pois o socorro feito da maneira correta, salva vidas”, pontuou o palestrante.

Vailton é veneciano, morador do estado mineiro há muitos anos. Profissional da área da saúde, ele se destaca também com trabalhos voluntários, realizados na região em que mora. Protagonista de reportagens em vários jornais do país, inclusive, do Fantástico, da rede Globo, Oliveira entende que tem por missão salvar vidas, seja em acidentes ou levando alimentos a quem necessita. Moradores de Nova Venécia receberam doações do estado vizinho, devido a ações lideradas pelo socorrista.

“Fizemos uma parceria voluntária. O palestrante abordou de forma honrosa, um tema tão atual e importante para nossos profissionais da educação, de forma clara e prática”, disse a diretora pedagógica da Seme.

Cerca de 70 servidores participaram da formação. Na oportunidade, eles conheceram de perto equipamentos que são utilizados nos atendimentos de urgência e com bonecos fizeram simulações de socorro em casa de engasgos, crises convulsivas e ressuscitação cardiopulmonar (RCP), que compreende uma sequência de manobras e procedimentos destinados a manter a circulação cerebral e cardíaca e garantir a sobrevida do paciente.

“Para nós é sempre importante participar dessas formações, porque sempre são temas que nos ajudam não só no melhoramento do nosso trabalho, como também na nossa vida pessoal, como é o caso dos primeiros socorros”, destacou um servidor da Seme.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE