domingo, maio 19, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoMãe, de Boa Esperança, pede ajuda para achar filho desaparecido em Nova...

Mãe, de Boa Esperança, pede ajuda para achar filho desaparecido em Nova Venécia

Roberto de Oliveira Júnior, de 26 anos, foi visto pela última vez na quarta-feira (8). Mãe, filha (de 7 anos), e companheira pedem ajuda para encontrá-lo.

Um jovem de 26 anos, identificado como Roberto de Oliveira Júnior, está desaparecido desde última quarta-feira (8), quando foi visto pela última vez no bairro Betânia, em Nova Venécia, onde morava com a esposa, e uma filha, de 7 anos.

Publicidade


Atualização


A mãe dele, Sandra Barreto da Silva, de 41 anos, moradora de Boa Esperança, conversou com a reportagem da Rede Notícia. Ela disse que o rapaz, saiu de casa na terça-feira (7) à noite. E que, na manhã de quarta-feira (8), a companheira dele o viu. Foi a última vez, de que se tem notícia, dele ter sido visto.

Publicidade

Segundo a mãe do jovem, na quarta-feira (8), data do desaparecimento, boatos foram espalhados no bairro Betânia, em Nova Venécia, de que o rapaz teria roubado um morador do bairro. Boatos, porque não foram apresentadas provas ante à acusação. A suposta vítima do suposto roubo teria ido à casa onde o rapaz morava para tecer ameaças de morte. Depois disso, Roberto de Oliveira Júnior, desapareceu.

Ainda segundo o relato da mãe de Roberto, quando ele estava angustiado, diante de algum problema, ele tinha o costume de ir para a casa da mãe, do pai ou da avó. Mas, desta vez, ele desapareceu.

“Eu só peço que quem o viu ou o veja, que avise a gente, que avise a polícia, que passe informações para nós. Tem uma mãe desesperada, uma filha (de 7 anos) desesperada, uma esposa desesperada. Ele tem uma família por trás dele, que está sofrendo muito. Ele pode ser tudo, mas ele é o meu filho”, disse Sandra Barreto da Silva, mãe de Roberto de Oliveira Júnior.

A reportagem teve acesso a um Boletim de Ocorrência registrado pela família do jovem comunicando a Delegacia de Nova Venécia sobre o desaparecimento.

Nós procuramos a Polícia Civil para saber como anda a investigação do caso. Este texto será atualizado quando houver retorno.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE