quarta-feira, fevereiro 28, 2024
spot_img
HomeBrasilMito ou verdade: café melhora a ressaca?

Mito ou verdade: café melhora a ressaca?

*O Globo

Publicidade

Após acordar de ressaca, é muito comum ouvir a recomendação de “tomar um café bem forte”. Na teoria, a cafeína, por conta de seu efeito estimulante, ajudaria a aumentar as energias e eliminar a dor de cabeça causada pelo excesso de álcool da noite anterior. No entanto, o consumo da bebida pode piorar o quadro de desidratação provocado pela alta ingestão de álcool.

Publicidade

Sabe-se que a cafeína contribui para a eliminação de líquidos do corpo. Porém, a intensidade varia de pessoa para pessoa. A substância estimula a natriurese, um processo que promove a excreção de sódio do corpo. À medida que o mineral é retirado de circulação, a água também é extraída devido à osmose, sendo ambos eliminados pela urina.

Por sua vez, o álcool reduz a ação do hormônio ADH — responsável por regular a quantidade de água excretada pela urina. O ADH possibilita, por exemplo, que parte da água que será eliminada pela urina volte para a corrente sanguínea. No entanto, quando sua ação está prejudicada pelo álcool, o volume da urina fica maior.

A ressaca é o conjunto de sintomas da intoxicação causada no corpo pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Quanto mais você bebe, mais tempo o seu corpo vai demorar para metabolizar todo o álcool ingerido. Consequentemente, maior será a duração das dores de cabeça, enjoos e cansaço.

A melhor maneira de ajudar o corpo a se livrar da ressaca é comendo bem e se hidratando. Estudos mostram que comer ovos cozidos, frutas e vegetais pode ajudar a eliminar mais rápido as toxinas liberadas pelas bebidas alcoólicas no organismo.

Os ovos cozidos possuem um aminoácido chamado cisteína, que decompõe o álcool em água e dióxido de carbono. Já as frutas e os vegetais facilitam o trabalho do sistema digestivo — que está sobrecarregado com o álcool. Além disso, alimentos saudáveis ajudam a repor vitaminas eliminadas via urina. O recomendado é comer cinco porções de frutas e vegetais por dia.

Para potencializar a hidratação, vale ingerir água de coco, que é um isotônico natural que contribui para a reposição de minerais.

Melhor do que tentar curar a ressaca no dia seguinte é evitá-la. A primeira dica é não beber de barriga vazio. A absorção de álcool geralmente é diminuída e retardada com o estômago cheio — o que também reduz as chances de você consumir mais álcool do que deveria.

Outra forma de reduzir os riscos de ressaca é intercalando a bebida alcoólica com um copo de água. Isso ajuda o corpo a se manter hidratado mesmo com o álcool provocando várias idas ao banheiro para urinar.

Evite também misturar variados tipos de bebidas alcoólicas, pois diferentes porcentagens de álcool podem fazê-lo perder a noção do quanto bebeu e acabar estimulando um consumo maior que o esperado.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE