quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeDestaqueMorador de Nova Venécia fica em primeiro lugar na região Sudeste em...

Morador de Nova Venécia fica em primeiro lugar na região Sudeste em edital de games

O morador de Nova Venécia, Leonardo Zamprogno, 43 anos, ficou em primeiro lugar na região Sudeste, em edital de games, e se prepara para representar a região em Belém, no Pará, no evento, Mercado das Indústrias culturais do Brasil (MICBR), que acontece entre os dias 08 a 12 de novembro.

Publicidade

“Vou com as despesas da viagem pagas, entre passagem e hospedagem e alimentação. O evento será nos mesmos modelos daquele que aconteceu na Argentina, que participei. Serão reuniões de negócios com potenciais compradores e parceiros, e, reuniões de networking com os demais participantes. Lembrando que, são diversas áreas culturais, entre dança, literatura, audiovisual, hip hop e outros”, explica.

Publicidade

Zamprogno foi classificado pelo Ministério da Cultura, responsável pelo edital de chamamento
público MICBR 2023, que realizou a seleção de empreendedores criativos, sendo selecionado no setor games.

O morador de Nova Venécia participou do edital com a empresa em que ele divide com o sócio, o Victor Hugo Korting Abreu, que é programador. Já Leonardo é desenvolvedor, animador e, modelador da Mobo Games, administrada pela dupla.

De acordo com Zamprogno, o governo brasileiro vai realizar no Pará, a mesma versão do evento que teve na Argentina. “Abriram novo edital para empresários da cultura no país e, eu fui selecionado novamente. Desta vez o edital foi mais voltado para empresa como um todo, Elencamos os nossos projetos principais, além do “Capoeira o Jogo”, “Capoeira Origens”, “Quilombo Survival”, que é um jogo que terá seu primeiro lançamento até o mês que vem e, se passa no mesmo universo de “Capoeira Origens”. Já “Elven Riders”, que é um jogo de corrida infinita inspirado na mitologia do livro “Senhor dos Anéis”, e “God´s Army”, que é um jogo sobre anjos bíblicos. Também temos uma produção em realidade virtual chamada “Front13r” que é um jogo para fisioterapia”, narra.

Morador do Vilagio Masarin, casado com Daniela Braga Araújo Zamprogno, pai do Arthur Araújo Zamprogno, o game designer cita como recebeu a notícia de sua classificação no edital. “Considero muito importante porque, mostra que o mercado de jogos no estado está crescendo. No evento que será realizado no Pará, estou com boas expectativas. Estamos para lançar alguns jogos novos, fazendo os procedimentos necessários para leva-los para os consoles de videogame como, por exemplo, Playstation e Nintendo Switch, e esse evento vai trazer mais visibilidade para nosso potencial”, diz.

Ao total, o edital selecionou para a rodada de negócios que acontece no Pará, 260 empreendedores culturais e criativos, atuantes nos setores de artesanato; audiovisual & animação; circo; dança; design; editorial; hip hop; jogos eletrônicos; moda; museus & patrimônio; música; teatro, e; um setor voltado às áreas técnicas afeitas à indústria criativa.

Para quem deseja acompanhara a empresa e é adepto dos games, segue o link da Mobo Games:
www.mobogames.com.br

» “Capoeira, Origens”: ambientado na cidade capixaba de São
Mateus, no século XVIII, o game conta com histórias reais de personalidades importantes na luta contra a escravidão em solo espírito-santense
“Capoeira o Jogo” recebeu prêmios como o primeiro lugar em Concept Art, na SBGAMES 2021, e shortlist, na CCPX 2022, e tem mais de 48 mil downloads

Classificação para evento na Argentina

Leonardo Zamprogno, desenvolvedor do jogo “Capoeira, Origens”, foi para Buenos Aires, na Argentina, selecionado em segundo lugar com o jogo citado acima, para representar o Brasil, no “Mercado de Indústrias Culturais (MICA) 2023 – Seleção de Empreendedores Criativos”, em junho deste ano. O projeto é uma extensão do jogo eletrônico para celular “Capoeira, o Jogo”, e viabilizado em 2021, pelo Edital “Cultura Digital”, da Secretaria da Cultura (Secult), com recursos da Lei Aldir Blanc, e foi selecionado para participar do evento internacional na Argentina, por meio do Edital de Seleção de Empreendedores Criativos, do Ministério da Cultura (Minc).

“Capoeira, Origens” Ambientado na cidade capixaba de São Mateus, no século XVIII, o game conta com histórias reais de personalidades importantes na luta contra a escravidão em solo espírito-santense, como Zacimba Gaba, o ferreiro Matheus Purquério e Viriato Canção de Fogo, personagens descritos no livro “Os últimos Zumbis”, de Maciel de Aguiar. O jogo tem uma história linear de 25 fases, que permeia o acontecimento de uma rebelião que ficaria conhecida como “Insurreição do dia de Nossa Senhora de Sant’Ana”, já em 1884.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE