domingo, maio 26, 2024
spot_img
HomeInvestigaçãoMulher encontrada morta em São Gabriel da Palha 'não tinha sinais de...

Mulher encontrada morta em São Gabriel da Palha ‘não tinha sinais de violência’, diz polícia

Stefane Mantovani dos Santos tinha 23 anos, e deixou um casal de filhos.

A Polícia Civil informou na tarde desta quarta-feira (13), que não havia sinais de violência no corpo de Stefane Mantovani dos Santos, de 23 anos, encontrada morta dentro de casa, por volta de 16h de terça-feira (12), no Centro de São Gabriel da Palha, no Noroeste do Espírito Santo. O caso ainda está sendo investigado, e os investigadores aguardam o resultado do exame cadavérico, cujo laudo deve sair em 10 dias.

Publicidade

A vítima foi identificada como Stefane Mantovani dos Santos, de 23 anos. Crédito: Redes sociais / Montagem Rede Notícia
Em nota, a Polícia Civil disse que o caso foi registrado como encontro de cadáver/morte a esclarecer, e que apenas após os exames será possível confirmar a causa da morte. O caso segue sob investigação da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha.
O corpo de Stefane Mantovani dos Santos foi sepultado na tarde desta quarta-feira (13), em um cemitério de São Gabriel da Palha.

O caso

Segundo a Polícia Militar, a corporação recebeu o chamado às 16h de terça-feira (12) dando conta de que a equipe de emergência do serviço de ambulância municipal 24h foi ao endereço e se deparou com a mulher em óbito. A técnica de enfermagem contou aos policiais militares que ao chegar na casa, se deparou com duas crianças e ao entrar no imóvel, encontrou a mãe já em óbito apresentando rigidez cadavérica, momento em que a PM foi acionada. A Polícia Militar foi ao local, isolou a área e acionou a perícia da Polícia Científica (PCIES).

Publicidade

De acordo com o Boletim de Ocorrência da PM ao qual a Rádio Notícia FM teve acesso, o perito criminal que esteve na cena não conseguiu identificar no exame perinecroscópio (que é o exame externo do cadáver, feito  ainda no local) qual teria sido o motivo da morte. A ocorrência descreve ainda que o Conselho Tutelar foi acionado e fez a acolhida do casal de irmãos, menores de idade, e os encaminharam a familiares próximos da vítima. A reportagem apurou que existe a suspeita por parte dos investigadores, de que as crianças tenham passado o dia inteiro ao lado do corpo da mãe tentando acordá-la.

Sobre o caso

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE