quinta-feira, fevereiro 29, 2024
spot_img
HomeDestaqueNater Coop participa do Coffee Forum & Dinner na Suíça para...

Nater Coop participa do Coffee Forum & Dinner na Suíça para debater a sustentabilidade na cafeicultura

Presença da cooperativa e de outras empresas brasileiras no evento demonstra a preocupação do Brasil em se adaptar a essa nova legislação e encontrar maneiras de atender aos novos requisitos

Durante a 14ª edição do Coffee Forum & Dinner, realizado nos dias 21 e 22 de setembro em Basel, na Suíça, a Nater Coop, uma das principais cooperativas de café do Espírito Santo, teve um representante no evento. Organizado pela SCTA (Swiss Coffee Trade Association), o fórum reuniu líderes, portadores, importadores e torrefadores do mercado global de café, sendo uma plataforma crucial para debater temas de relevância, com ênfase na sustentabilidade.

Publicidade

Este ano, um dos temas mais debatidos foi a nova legislação europeia relacionada à importação de produtos e, em particular, as restrições às áreas de desmatamento, que entrarão em vigor a partir de janeiro de 2025.

Publicidade

Giliarde Cardoso, gerente executivo de café da Nater Coop, que representou a cooperativa no evento, compartilhou suas impressões sobre o encontro. “Estamos muito orgulhosos de ter sido convidados para participar deste evento e trocar informações com pessoas de todo o mundo. Contribuir para que possamos ter uma visão dos desdobramentos dessa lei e o que os países estão fazendo para se adequar é fundamental. Temos um grande desafio, mas também uma grande oportunidade. O trabalho de sustentabilidade já está sendo feito, a questão agora é como organizar informações para atender às exigências da União Europeia. Saímos do evento com a certeza de que estamos bem posicionados nesse sentido.”

A presença da Nater Coop e de outras empresas brasileiras no fórum demonstra a preocupação do Brasil em se adaptar a essa nova legislação e encontrar maneiras de atender aos novos requisitos. Além da cooperativa, o governo do Estado do Espírito Santo e o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), também estiveram presentes, destacando a importância da união de esforços para enfrentar esse desafio global.

“A Nater Coop está comprometida em mostrar seu compromisso com a sustentabilidade e criar modelos que atendam às novas regulamentações europeias. A cooperação entre diferentes partes interessadas, como cooperativas, governo e órgãos representativos, é fundamental para garantir a preservação do meio ambiente e o futuro do setor de café brasileiro no mercado internacional”, afirma Giliarde.

Em articulação com o Cecafé e a European Coffee Federation, ficou acordado que o Espírito Santo estará entre os projetos-piloto de exportação com base nos novos requisitos da legislação aprovada. Além disso, foi estabelecida parceria para validar, em campo, informações coletadas por sensoriamento remoto, contando com plataforma de verificação/rastreabilidade que já está em desenvolvimento, sob a liderança do Cecafé.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE