segunda-feira, junho 24, 2024
spot_img
HomeDestaqueNater Coop vai expandir modelos de condomínios agropecuários com investimentos da ordem...

Nater Coop vai expandir modelos de condomínios agropecuários com investimentos da ordem de R$ 10 milhões

O modelo de condomínios agropecuários, modalidade em que a Nater Coop é pioneira no Espírito Santo, ganhou um reforço importante a partir do Decreto Estadual Nº 5.254-R, publicado em dezembro/22. O decreto permite que as cotas de participação em condomínios possam ser adquiridas por qualquer cidadão brasileiro, independentemente de ser produtor rural, ampliando o leque de investidores. A Nater Coop opera condomínios nas áreas avícola e leiteira e, com essa possibilidade, espera ampliar o número de empreendimentos nos próximos dois anos, com um aporte que pode chegar a R$ 10 milhões.

Publicidade

Os condomínios agropecuários são uma alternativa focada em eficiência operacional para quem deseja atuar na produção de ovos e de leite, por exemplo, sem realizar um grande investimento em sua propriedade. Pelo modelo praticado até então, os produtores cooperados se unem e dividem os investimentos feitos em ativos biológicos, custos operacionais diretos e os resultados da atividade. O novo decreto vai permitir que investidores brasileiros, de qualquer localidade invistam nos condomínios da Nater Coop, por meio da aquisição de cotas, e se tornem produtores de leite e de ovos no Espirito Santo.

Publicidade

No modelo de condomínios agropecuários a cooperativa fornece os insumos para a atividade (frangas/vacas, rações, medicamentos, consultoria técnica e mão de obra especializada), investe na infraestrutura (galpões/pastos, aquisição de equipamentos e toda a tecnologia necessária, cuida do manejo e da comercialização, prestando contas mensalmente aos investidores sobre o desempenho técnico e econômico da atividade. A Nater Coop conta atualmente com pouco mais de 100 condôminos que são responsáveis por 330 vacas leiteiras e 300 mil aves em produção.

Marcelino Bellardt, diretor-geral da Nater Coop, explica que a cooperativa deu início ao investimento nesse modelo de produção há mais de seis anos, com foco em ovos e leite. O primeiro condomínio avícola para postura comercial do Brasil foi inaugurado no segundo semestre de 2016, no município de Santa Teresa, já o condomínio leiteiro iniciou as atividades em 2022, em Sooretama, no norte do Espírito Santo.

Bellardt sinaliza que também está no radar da cooperativa expandir as atividades na produção de alimentos para os próximos anos. “Esse é um projeto a longo prazo, já que esse modelo de negócio permite a expansão dentro de outras iniciativas. Por enquanto, nosso foco maior é conseguir abrir mais dois condomínios para a produção de leite e de ovos aqui no estado, ampliando o número de cotistas cooperados e externos”, afirma.

Sobre a Nater Coop – Com 58 anos de atuação, a Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Nater Coop) conta com 19 mil cooperados, mais de 1.100 colaboradores e se relaciona com cerca de 30 mil produtores rurais. A instituição tem lojas de produtos agropecuários em mais de 30 municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais, além de rede própria de atendimento que inclui supermercado e postos de revenda de combustível. Também fazem parte da Nater Coop as marcas Veneza (alimentos), Liva (ovos) e café (Pronova). A cooperativa, com sede em Santa Maria de Jetibá, é a maior do Espírito Santo na área do agronegócio (agricultura e pecuária) e já exporta para 11 países.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE