domingo, abril 14, 2024
spot_img
HomeDestaqueNova Venécia avança na implementação da EJA profissional

Nova Venécia avança na implementação da EJA profissional

A Comissão de Implementação da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), se reuniu, na última semana, com formadores da Secretaria Estadual de Educação (Sedu), para tratar dos princípios e fundamentos da EJA integrada à Educação Profissional e Tecnológica (EPT).

Publicidade

Além disso, estavam em pauta estudos sobre o currículo integrado, o trabalho como princípio educativo, experiências de EJA integrada à EPT (PROEJA) no Espírito Santo, possibilidades e desafios da EJA integrada à EPT nas políticas educacionais atuais.

Publicidade

O objetivo do estudo é instrumentalizar a Comissão de Implementação da Educação de Jovens e Adultos da Seme para elaboração do documento orientador desta modalidade no município com base na legislação vigente. O Plano Municipal de Educação (PME), prevê a articulação da oferta da EJA em parceria com os governos estadual e federal para alcançar, no mínimo, 15% das matrículas de Educação de Jovens e Adultos, nos ensinos fundamental e médio na forma integrada à educação profissional.

Segundo a secretária Municipal de Educação, professora Wanessa Zavarese Sechim, a Sedu e o Ifes estão dando uma grande contribuição no processo de implementação da EJA profissional no município. “A experiência que o estado tem na condução desta modalidade de ensino e a parceria com Ifes pode compartilhar, tanto humanos quanto tecnológicos, facilitam para que Nova Venécia avance em sua proposta de iniciar a oferta da EJA com qualificação profissional”, explicou a gestora.

Após a formação com os técnicos da Sedu, a Comissão voltou a se reunir na tarde da quarta-feira, 20, para deliberar sobre as próximas ações planejadas. Durante a reunião, que contou mais uma vez com a parceria do Ifes, os membros analisaram os questionários que estão elaborados para traçar o perfil dos candidatos às matrículas na EJA profissional.

Ficou definido, também, que a formação para diretores e secretários escolares acontecerá na próxima semana, para que eles se apropriem das ações da Comissão que demandem articulação com as unidades de ensino. Segundo a responsável pela EJA no município, “Somente depois do perfil do candidato traçado é que teremos dados mais relevantes sobre a demanda para esta modalidade de ensino”, concluiu a técnica pedagógica da Seme, Vanessa Christina Meyrelles Cassaro.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE