quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeDestaqueNúmero de assassinatos cai 45% em Jaguaré

Número de assassinatos cai 45% em Jaguaré

O número de homicídios em Jaguaré caiu 45% nos primeiros nove meses de 2022 em comparação com 2021. É o que está registrado no Painel de Registros de Homicídios Dolosos, da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social – Sesp, com dados da Polícia Civil/Ciodes.

Publicidade

No período compreendido entre os meses de janeiro e setembro, foram registrados este ano, pela Polícia Militar do Espírito Santo, a ocorrência de 10 assassinatos. No mesmo período, no ano de 2021, ocorreram 18 homicídios considerados dolosos, ou seja, quando o a pessoa tem a intenção de matar. O subsecretário de Segurança Pública de Jaguaré, Miller Kutz, afirma que o resultado reflete ações da Prefeitura em parceria com as forças de segurança.

Publicidade

“Veja que a Prefeitura de Jaguaré abraçou a causa do combate à violência. Temos ações educativas e de conscientização nas escolas e comunidades, sempre em parceria com as polícias Militar e Civil. Estamos atentos e trabalhando para reforçar e estruturar ainda mais as nossas atividades”, destacou o subsecretário.

Bons frutos de parceria Prefeitura e PM

Os números relacionados ao combate à violência vêm apresentando resultados positivos e redução de homicídios desde a criação da 18ª Companhia Independente, que intensificou as operações e é também fruto da dedicação dos policiais, segundo o comandante da Companhia, major Tiago Borba.

“Com a chegada da 18ª Companhia Independente, nós estreitamos o relacionamento com a Prefeitura, que deixa o canal de comunicação sempre aberto. Assim pudemos executar algumas ações de organização do policiamento voltado para o enfrentamento direto à criminalidade violenta, o que nos traz bons resultados. Mas, é preciso destacar e exaltar o comprometimento da equipe. Sabemos que o efetivo ainda pode crescer mais, porém o comprometimento dos nossos policiais é uma coisa fantástica. Todos têm o desejo de, realmente, fazer essa companhia acontecer e escrever a história dessa companhia. Por isso estamos conseguindo excelentes resultados”, afirmou o comandante.

O major Borba também destacou a participação da Administração Pública e das comunidades, que têm participado e abraçado a companhia nas reuniões. “O pessoal tem se mostrado receptivo, com bastante expectativa. Eles entendem que nós precisamos de um tempo para construir as soluções”.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE