segunda-feira, abril 15, 2024
spot_img
HomeDestaqueONG busca apoio para recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Itaúnas

ONG busca apoio para recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Itaúnas

Entre os estudos e planejamentos feitos pela ONG, a bióloga Márcia Lederman,  aponta que, uma das alternativas para a recuperação das bacias, é o Programa Reflorestar, do Governo do Estado. “O produtor rural terá a verba para plantar, não é empréstimo. Uma floresta produtiva vai trazer retorno financeiro ao proprietário da terra”, diz.

Publicidade

A bióloga Márcia Lederman, da ONG Sociedade Amigos por Itaúnas (Sapi), entidade sem fins lucrativos que vem trabalhando em prol de uma atuação sócio-ambiental, vem buscando apoio para recuperação, conservação e revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio Itaúnas e do Rio São Mateus (Cricaré), que segundo dados, são os mais degradados do Espírito Santo, com menos de 9%de cobertura vegetal natural.  

Publicidade

Através do movimento, “Rio Itaúnas Sempre Vivo”, criado pela ONG, as temáticas e atuações em prol da conservação e defesa do rio, vem acontecendo ao logo dos anos. Um estudo divulgado recentemente indica caminhos para a restauração e reflorestamento das bacias dos rios Itaúnas e São Mateus, no intuito de melhorar a produção e qualidade da água na região norte do Espírito Santo, ameaçada ao longo dos anos por processo de desertificação.

São mais de 142 mil hectares de áreas degradadas que poderiam ser recuperadas e evitar a seca e falta de água, que encontram na região a situação mais crítica do Espírito Santo. As duas bacias abarcam 12.665 quilômetros quadrados e alcançam uma população de aproximadamente 570 mil pessoas. 

Entre os estudos e planejamentos feitos pela ONG, Márcia aponta que, uma das alternativas para a recuperação das bacias, é o Programa Reflorestar, do Governo do Estado. “Em 2018, o Governo do Estado, através da Agerh (Agência Estadual de Recursos Hídricos), fez um trabalho, um planejamento chamado Plano de Recursos Hídricos do Rio Itaúnas e também da Bacia do Rio São Mateus, onde aparece nesse documento, toda a condição das bacias hidrográficas, sendo identificada como alarmantes a situação as duas bacias, infelizmente”, explica Márcia, que ainda continua. “Montamos um Plano de Restauração Florestal do Norte do ES. Esses estudos caracterizam todos os déficits que temos em termos de áreas de preservação permanentes preservação e, em questão, as legais das propriedades rurais”, comentou. 

De acordo com a bióloga, baseado nessas análises e os desafios para a recomposição florestal, em favor das condições hídricas, muitas estratégicas já estão desenhadas e foram mostradas para a recuperação ambiental no norte do ES. “O Programa Reflorestar é uma das ações, onde ele entrega ao produtor rural, a verba, o dinheiro, para ele plantar floresta. Isso tudo sob supervisão técnica de Engenheiro Florestal e Agrônomo, e demais profissionais, que vão identificar as necessidades daquela propriedade, montando uma floresta produtiva, que vai trazer retorno financeiro ao produtor rural”, enfatiza Márcia Lederman.

Bacia do Rio São Mateus (Cricaré) – Foto: Kika Gouvêa
Bacia Hidrográfica do Rio Itaúnas – Foto: Kika Gouvêa

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE