sábado, julho 13, 2024
spot_img
HomeSul do ESPMs usam cacetadas, chutes e pontapés para abordar suspeito em cidade do...

PMs usam cacetadas, chutes e pontapés para abordar suspeito em cidade do ES; veja vídeo

Veja imagens

Um vídeo que circula nas redes sociais e sobre o qual a Rede Notícia teve acesso, mostra dois policiais militares tentando conter um homem que, aparentemente, resiste à abordagem. Inicialmente é possível ver que um homem segura o suspeito, e uma PM dá uma cacetada no indivíduo, que corre. O policial militar vai atrás do suspeito, que aparentemente é alcançado em uma escadaria. Mesmo após terem contato corpo a corpo com o homem, os dois policiais militares continuam a agredi-lo com socos, chutes, e cacetadas. O caso aconteceu na quinta-feira (11), na cidade de Dores do Rio Preto, no Sul do Espírito Santo. A Polícia Militar informou que o comando do 3º Batalhão determinou abertura de sindicância para apurar a ação.
Por nota, a Polícia Militar informou que os PMs realizavam ponto base na praça principal do município de Dores do Rio Preto, quando foram abordados por um homem, de 63 anos, relatando que o filho, do qual possui medida protetiva por ter sido ameaçado e agredido diversas vezes, estaria o ameaçando novamente, dizendo que atearia fogo na casa do pai. Quando o filho avistou o genitor em contato com a PM, aproveitou o distanciamento do morador da residência e arrombou a porta de entrada da casa, vindo a furtar quatro gaiolas de passarinho vazias e um celular. A nota diz que, momentos antes, o indivíduo havia ameaçado uma comerciante local.
O pai do suspeito também relatou aos militares que após o filho ameaçar a comerciante, foi até a residência do genitor, onde quebrou a porta e entrou em luta corporal com os familiares e populares. “Em ato contínuo, o indivíduo retornou à praça e desta vez começou a ameaçar, novamente, o pai e também desacatar os militares. Foi dada voz de prisão ao indivíduo, porém ele fugiu. Com o auxílio de populares, ele foi detido mais à frente, contudo o indivíduo continuava oferecendo resistência e tentava fugir da PM, sendo necessário o uso progressivo da força para imobilizá-lo. O suspeito possuía diversas ocorrências com histórico de agressividade e estava aparentemente sob efeito de entorpecentes. Como ele apresentava um corte pequeno, foi encaminhado ao atendimento médico e posteriormente  conduzido à 6ª Delegacia Regional de Alegre. As gaiolas foram recuperadas”, informou a PM, por nota.

A Polícia Civil informou que o suspeito, de 23 anos, conduzido à Delegacia Regional de Alegre, foi autuado em flagrante por ameaça, furto qualificado, resistência e desobediência. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.

Publicidade

 

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE