terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeEspírito SantoPolícia investiga onda de golpes por ligações e na internet em São...

Polícia investiga onda de golpes por ligações e na internet em São Gabriel da Palha

Polícia orienta que os bancos não ligam para as pessoas, e que toda e qualquer ligação deve ser verificada pessoalmente na própria agência bancária onde a vítima possui conta.

A Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha está apurando a autoria de uma onda de golpes que vem fazendo diversas vítimas na cidade.

Publicidade

Segundo o delegado Ricardo de Oliveira, titular da DP de São Gabriel da Palha, os criminosos ligam para as vítimas se passando por bancos, colhem e furtam dados usados para subtrair valores de contas bancárias das vítimas. O esquema funcionaria da seguinte forma: o criminoso liga para vítima dizendo que estão querendo fazer comprar com um cartão de crédito dela. Geralmente, os bandidos chegam até passar dados já furtados da vítima para chancelar a confiança do consumidor. Em seguida, os bandidos costumam pedir para que a vítima baixe aplicativos ou acesse a conta e adote alguns procedimentos, permitindo que o golpista limpe a conta da vítima.

Publicidade

O delegado orienta que os bancos não ligam para as pessoas, e que toda e qualquer ligação deve ser verificada pessoalmente na própria agência bancária onde a vítima possui conta.

Em alguns casos, segundo o delegado Ricardo de Oliveira, os bandidos ligam de números institucionais, a fim de mascarar o número de telefone do criminoso, sacramentar a confiança da vítima e consumar o ato golpista. Os investigadores trabalham para identificar e responsabilizar essa organização criminosa, que tem feito diversas vítimas na cidade de São Gabriel da Palha.

O delegado Ricardo de Oliveira orienta ainda, que as pessoas não realizem compra e venda de veículo por sites na internet, e nem por intermédio de terceiros desconhecidos. Muitas vezes, segundo a corporação, os criminosos que também atuam nessa seara aparecem em aplicativos de mensagem fazendo propostas, negociando com comprador, numa proposta golpista de vender o carro mais caro para o vendedor e vender o veículo mais barato para o comprador.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE