quarta-feira, fevereiro 21, 2024
spot_img
HomeBrasilPor que a Sexta-feira Santa é o único dia sem missas na...

Por que a Sexta-feira Santa é o único dia sem missas na Igreja Católica

A Sexta-feira Santa é uma data religiosa celebrada pela Igreja Católica em todo o mundo em memória da crucificação de Jesus Cristo. É o único dia do ano em que a Igreja não celebra nenhuma missa, em respeito à morte de Cristo. Os católicos veem este dia como um momento de reflexão e agradecimento a Deus. Em Aparecida, onde está localizado o Santuário Nacional, a Sexta-feira Santa é celebrada com a tradicional Via-Sacra, em que os fiéis peregrinam pelas 14 estações da Paixão de Cristo, ainda durante a madrugada.

Publicidade

Às 7h, o Santuário realiza a primeira celebração com uma oração no início da manhã. Em seguida, às 9h, será celebrada a “Meditação da Via-Sacra” ao redor do Altar Central. Às 12h, haverá o “Sermão das Sete Palavras” e às 15h, a celebração da “Paixão do Senhor Morto”, com a processão do Senhor Morto às 18h. Uma encenação da Paixão de Cristo às 19h30 encerra as celebrações da data. Durante a Semana Santa, que celebra a paixão, morte e ressurreição de Cristo, Aparecida deve receber milhares de fiéis.

Publicidade

De acordo com o Santuário Nacional de Aparecida, a Sexta-feira Santa é um dia de silêncio e reflexão para os católicos, em que se espera a celebração da ressurreição na Páscoa. É um dia marcado pelo respeito e pela memória da morte de Cristo, enquanto se aguarda a celebração da Páscoa, que simboliza a vitória de Cristo sobre a morte. A Semana Santa começou no Domingo de Ramos, dia 2, e se estenderá até o próximo Domingo de Páscoa, dia 9.

*Com informações do g1

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE