domingo, abril 14, 2024
spot_img
HomeNorte do ESPrefeita cancela processos seletivos em Boa Esperança e candidatos são supreendidos

Prefeita cancela processos seletivos em Boa Esperança e candidatos são supreendidos

A reportagem apurou que o certame já vinha recebendo críticas de candidatos, que apontavam o que considevam ser "irreguralidades", como exigências de curso técnico e superior como critério para pontuar na seleção de cargos para alfabetizados, por exemplo.

A suspeita de falhas no sistema de inscrições fez a Prefeitura de Boa Esperança, no Noroeste do Espírito Santo, cancelar dois processos seletivos  que previam selecionar servidores para regime de designação temporária de níveis, superior, técnico, médio e alfabetizado. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (16), e pegou os candidatos de surpresa. A reportagem apurou que o certame já vinha recebendo críticas de candidatos, que apontavam o que considevam ser “irreguralidades”, como exigências de curso técnico e superior como critério para pontuar na seleção de cargos para alfabetizados, por exemplo.

Publicidade

Nos documentos aos quais a Rede Notícia teve acesso, a prefeita Fernanda Milanese (Podemos), faz quatro ponderações que segundo ela, objetivaram o cancelamento dos processos:

Publicidade

1. Falhas Técnicas no Sistema de Inscrições: Segundo o governo, “durante o período de inscrições, identificaramse falhas técnicas no sistema online, prejudicando a efetivação correta e igualitária das inscrições dos candidatos”.
2. Garantia da Transparência e Legalidade: A prefeita Fernanda Milanese diz que “considera imperativo o cancelamento” para nas palavras contidas no documento assinado por ela, “resguardar a integridade do processo seletivo e assegurar a igualdade de oportunidades aos candidatos”.
3. Preservação dos Direitos dos Candidatos: Segundo o documento, “o cancelamento visa resguardar os direitos dos candidatos, evitando que participem de um processo que não atenda aos padrões legais e que possa gerar prejuízos futuros”.
4. Revisão e Aprimoramento: Ainda segundo a prefeita Fernanda Milanese, “o cancelamento proporcionará à Administração a oportunidade de revisar e aprimorar os procedimentos, visando à condução de um novo processo seletivo que esteja em total conformidade com a legislação vigente”.

Na nota assinada por Fernanda, a Prefeitura diz lamentar “eventuais transtornos causados aos candidatos e reitera seu compromisso com a legalidade, ética e transparência na condução de processos seletivos”. Informa ainda que um novo edital será elaborado, obedecendo aos preceitos legais, e sua publicação será oportunamente divulgada.

 

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE