domingo, maio 26, 2024
spot_img
HomeDestaquePrefeitura de Vitória realiza 2ª edição da campanha “Carnaval Solidário”

Prefeitura de Vitória realiza 2ª edição da campanha “Carnaval Solidário”

No ritmo da solidariedade, os foliões que irão ao Sambão do Povo nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro poderão ajudar famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social em Vitória.  A Prefeitura de Vitória vai realizar a campanha de arrecadação de alimentos.

Publicidade

A ação integra a campanha “Ingresso Solidário” e é realizada em parceria com a Liga das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge).

Publicidade

A campanha vai destinar alimentos para o Banco de Alimentos Hebert de Souza (BHS), da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas). Profissionais da Assistência Social do município receberão as doações em uma estrutura especialmente montada na entrada do Sambão do Povo. No ano passado, foram arrecadados 5.652,40 quilos de alimentos, que foram destinados a mais de 360 famílias.

O folião deve adquirir o ingresso de meia-entrada no valor de R$ 35,00 no site https://brasilticket.com.br/carnaval-vitoria-2023 e, no dia do desfile, levar 2 kg de alimentos não perecíveis.

“A campanha contribui para o fortalecimento das redes de solidariedade e ajuda a chamar a atenção da sociedade para o combate à fome. Nossa expectativa é igualar ou superar a quantidade arrecadada no ano passado”, destaca a secretária municipal de Assistência Social, Cintya Schulz.

“O Banco de Alimentos possui condições de permitir que os alimentos doados cheguem às famílias cadastradas em nossa rede socioassistencial de Vitória e, também, podem ser encaminhados a instituições da Rede SUAS não governamental”, finaliza a secretária.

Banco de Alimentos

A partir da avaliação feita pela equipe psicossocial de cada serviço da rede socioassistencial do município, os servidores catalogam as informações internamente, de maneira objetiva, identificando as famílias com maior demanda de alimentos, número de membros da família e se há pessoas do grupo prioritário, como idosos, pessoas com deficiência e crianças.

A retirada das cestas é efetuada mediante agendamento. Caso a família não esteja cadastrada para receber o benefício, deve procurar o serviço da assistência social da Prefeitura que a atende, para avaliação.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE