terça-feira, maio 21, 2024
spot_img
HomeDestaquePrêmio Sedu: educadores são premiados por boas práticas

Prêmio Sedu: educadores são premiados por boas práticas

Educadores que estão disseminando boas práticas foram premiados na noite desta quarta-feira (20). A 11ª edição do “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação” reconheceu as experiências bem-sucedidas realizadas nas unidades escolares da rede estadual.

Publicidade

A premiação reconheceu os resultados expressivos, alcançados em 2016 ou 2017 (até a data final das inscrições), em projetos desenvolvidos nas unidades escolares da rede pública estadual, por professores, coordenadores, pedagogos e diretores.

Publicidade

“Esse é o nosso Oscar da Educação capixaba. Maior que o prêmio é a força de vontade para fazer a diferença na vida dos estudantes. É necessário construir novas ações para termos os objetivos atingidos. Nesta edição foram premiados bons projetos e ideias inteligentes que, com certeza, ajudam a melhorar a educação capixaba. A premiação é um incentivo para continuarmos promovendo uma educação de qualidade, com inteligência para aproveitar as ferramentas que temos”, destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

Neste ano, foram 238 trabalhos inovadores inscritos, avaliados por 77 integrantes das comissões regionais e estadual, em três categorias: “Boas Práticas do Professor”, “Boas Práticas do Pedagogo/Coordenador de Turno” e “Boas Práticas do Gestor Escolar”.

Na categoria Boas Práticas do Professor, o projeto “Gincana Donline Status: online, no Facebook e no conhecimento”, da Escola Estadual Dom José Dalvit, de Montanha, foi o vencedor da noite, no tema utilização de tecnologias na sala de aula. Já no tema Contemporâneo, o projeto “Potencial pedagógico da aula de campo na planície aluvionar do Rio Doce da perspectiva da Educação Ambiental crítica”, da Escola Estadual Honório Fraga, Colatina, foi o campeão.

Para a professora Luana Santos Ferreira, da Escola Estadual Dom José Dalvit, que conquistou o 1º lugar, “o objetivo do projeto era fazer com que o uso do celular na sala de aula fosse uma motivação para os alunos aprofundarem os estudos. A ideia funcionou. Junto com outros professores realizamos desafios para que eles fizessem vídeos e fotos com cunho pedagógico, em que elaborassem as postagens no Facebook de acordo com os conteúdos trabalhados em sala de aula. O projeto motivou os alunos e melhorou os resultados. É gratificante e estou muito feliz e emocionada com a nossa conquista”.

Na categoria “Boas Práticas do Pedagogo e ou Coordenador de Turno”, a Escola Estadual Polivalente de Linhares I e a Escola Estadual Jones José do Nascimento foram as grandes vencedoras nos dois temas. “Compreender para transformar: o pedagogo e as intervenções para a melhoria da aprendizagem” e “Um novo olhar para o Jones” garantiram os primeiros lugares, respectivamente.

Já na categoria “Boas Práticas do Gestor Escolar”, a Escola Estadual Jones José do Nascimento também levou a melhor no tema Gestão Pedagógica. Já no tema Gestão Administrativa, quem garantiu o primeiro lugar foi a Escola Estadual Prof.ª Juracy Machado, com o projeto “Virando a página: o que queremos para nossa escola?”.

A diretora da Juliana Rohsner Vianna, da Escola Estadual Jones José do Nascimento, localizada na Serra, comemorou a premiação. “Já havia representado o Espírito Santo em uma premiação nacional, o Prêmio de Gestão Escolar 2017, em que ficamos entre as cinco escolas com melhor gestão do país. Conquistar o primeiro lugar no Prêmio Sedu também nos enche de orgulho e nos aponta que estamos no caminho certo”.

Além disso, a Superintendência com o maior número de relatos de experiências inscritos também foi homenageada. Neste ano, a Superintendência Regional de Educação de Linhares, foi a grande campeã com a participação de 55 projetos.

Premiação

O professor, assim como o pedagogo/coordenador de turno e o gestor autor principal de cada projeto vencedor, classificados em 1º ou 2º lugar, vão receber um notebook e um data show.

As escolas onde os projetos vencedores foram desenvolvidos também serão beneficiadas em R$ 25 mil, para a classificada em primeiro lugar, e R$ 20 mil, para o segundo lugar. Durante a premiação, também foram entregues troféus aos classificados em 1º ou 2º lugares por tema e certificados aos demais, pela contribuição ao desenvolvimento da educação no Estado.

Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação

O Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e tem como objetivo valorizar os profissionais que contribuem para um ensino público com cada vez mais qualidade, e que desenvolveram, dentro do ambiente escolar, experiências bem-sucedidas.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE