segunda-feira, maio 27, 2024
spot_img
HomeCrimePresos em São Gabriel da Palha suspeitos de matar trabalhador rural em...

Presos em São Gabriel da Palha suspeitos de matar trabalhador rural em Vila Valério

Foram presos na última terça e quinta-feira (dia 18 e 20 de julho), em Vila Valério e São Gabriel da Palha, dois homens, de 29 e 50 anos, apontados pela Polícia Civil como suspeitos de envolvimento no assassinato de um trabalhador rural, de 47 anos, no dia 12 de junho deste ano, em uma propriedade rural de Vila Valério. A operação de investigação e prisão foram coordenadas pelas Delegacias de Polícia de Jaguaré e Vila Valério. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Publicidade

Na noite do crime, um trabalhador de 47 anos foi assassinado a tiros em uma propriedade rural em Vila Valério. Segundo a Polícia Militar, moradores propriedade ouviram disparos de arma de fogo e, ao saírem, viram o homem caído. O Samu foi acionado e a equipe de socorro constatou o óbito.

Publicidade

“Assim que o fato chegou à Polícia Civil, as investigações tiveram início. Os levantamentos levaram à identificação de dois autores, que também são trabalhadores rurais. Representamos pelas prisões temporárias, o que foi deferido pelo Poder Judiciário. Na terça-feira, cumprimos um dos mandados de prisão e, nesta quinta-feira, o outro”, relatou a titular da DP de Vila Valério, delegada Gabriela Zaché.

Na terça-feira (18), os policiais civis se dirigiram até a propriedade onde o crime ocorreu e prenderam o suspeito de 50 anos, que continuava trabalhando no local. Na oportunidade, os policiais também cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa do investigado, com a apreensão de um telefone. O homem foi encaminhado à Delegacia e, após os procedimentos, conduzido ao sistema prisional.

Nesta quinta-feira (20), o outro investigado se apresentou na Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, onde foi comunicado sobre a existência do mandado de prisão em seu desfavor. Após os procedimentos, ele também foi encaminhado ao sistema prisional.

A Polícia Civil não informou qual foi a motivação do crime. A reportagem questionou. Não houve resposta.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE