quinta-feira, fevereiro 29, 2024
spot_img
HomeCotidianoAgriculturaProdutora de Barra Seca vence 2º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

Produtora de Barra Seca vence 2º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O Espírito Santo conheceu na última semana, o produtor do melhor café conilon de Jaguaré, e um dos melhores do Estado, durante solenidade de premiação realizada no Cerimonial Auzília Mazioli.

Publicidade

A organização do concurso realizado pelo Instituto Ampliê, em parceria com o Sindicato Rural, com apoio da Prefeitura de Jaguaré, anunciou ainda os 10 finalistas.

Publicidade

O café que recebeu a maior pontuação na 2ª edição do concurso tem um toque feminino. Eliane Quaresma de Oliveira, do Sítio Santa Leocádia, que também é administrado pela produtora Ketini Calvi, obteve a pontuação 83,50, e conquistou o primeiro lugar. Ocupando o segundo lugar, a Fazenda São Cipriano, do produtor Willys Cescon, com 83 pontos. Já em terceiro lugar, ficou o senhor Valdecir Merlo, com 80,25, do Sitio São Vicente de Paulo.

“Essa foi uma iniciativa que veio para ficar. Jaguaré merece esse esforço para a continuação da melhoria do café produzido aqui. Com a quantidade de café que produzimos e, cada vez com mais qualidade, conseguiremos mais recursos e riqueza para o produtor e para o município. Todos os participantes estão de parabéns, pois todos superaram dificuldades para chegar até aqui”, ressaltou o prefeito Marcos Guerra.

A 2ª edição do Concurso de Café Conilon de Jaguaré teve 43 participantes, com o objetivo de incentivar a produção de grãos com mais qualidade. “Quero agradecer o apoio que a Prefeitura de Jaguaré dá esse evento no sentido de incentivar cada vez mais a produção do café conilon de qualidade. Temos muita gratidão à Prefeitura, ao Sindicato, ao Incaper, o Idaf. E dedico esse resultado ao nosso pai, Paulino Calvi, que é o nosso professor, o nosso grande mentor”, ressaltou Ketini Calvi, que representou Eliane Quaresma.

Premiação

O 2º Concurso do Café Conilon de Jaguaré também ofereceu premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados. Os produtores dos 5 melhores cafés foram premiados com valores que representam o reconhecimento pelo trabalho e dedicação dos agricultores para entregarem um café de alta qualidade. A premiação foi dividida da seguinte forma:

  • 1° Colocado: R$ 7 mil
  • 2° Colocado: R$ 5 mil
  • 3° Colocado: R$ 4 mil
  • 4º Colocado: R$ 2,5 mil
  • 5º Colocado: R$ 1,5 mil

Os produtores classificados do 1º ao 10º lugar também receberam Certificado de Participação no concurso, como reconhecimento à sua contribuição para a qualidade do café no município. O concurso tem como objetivo incentivar práticas mais eficientes na produção de café de qualidade. As amostras foram classificadas quanto ao tipo, cor, aspecto, umidade, defeitos e à qualidade de bebida, de acordo o protocolo CQI/UCDA – que atesta a qualidade do produto.

O concurso teve o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Jaguaré, por meio da Secretaria de Agricultura e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Câmara Municipal, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (INCAPER), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (IDAF), e do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jaguaré (STR).

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE