terça-feira, maio 28, 2024
spot_img
HomeDestaqueProjeto de diagnóstico e tratamento precoce do infarto apresenta grandes resultados no...

Projeto de diagnóstico e tratamento precoce do infarto apresenta grandes resultados no Hospital São Marcos

 Em junho de 2016, o Hospital São Marcos, em parceria com o Centro de Hemodinâmica do Hospital Rio Doce, em Linhares, o UNICOR, aderiu a um projeto internacional e inovador de telemedicina, com a finalidade de diagnóstico precoce e tratamento do infarto, um grande problema de saúde pública na região e no município de Nova Venécia.

Publicidade

Entretanto, esse problema foi completamente resolvido com a implantação e desenvolvimento desse projeto, pois, por meio do diagnóstico precoce, da abordagem de técnicas inovadoras e rápidas, e da diminuição do tempo de tratamento, aumentou a sobrevida desses pacientes vítimas de infarto.

Publicidade

“Quando o paciente chega com dor no peito e possível infarto ao Hospital São Marcos, é feito um eletrocardiograma (ECG), que viaja centenas de quilômetros através de Telemedicina (sistema de internet online) para chegar a uma central médica em Uberlândia (MG), onde o ECG é laudado por um médico cardiologista especializado, que retorna com um laudo para o para o Hospital São Marcos. Em seguida, quando diagnosticado infarto, o próprio sistema online notifica o UNICOR e os enfermeiros do Hospital São Marcos (por torpedo SMS e e-mail), onde é realizado todo processo de transferência do paciente. A equipe do UNICOR já fica preparada para receber esse paciente diretamente na Hemodinâmica, sem ter a necessidade de passar pela emergência do Hospital e regular a vaga, via central de vagas, economizando tempo e possibilitando sobrevida para o paciente que será tratado”, ressaltou o enfermeiro do Controle de Qualidade do Hospital São Marcos, Ulysses Maria Pereira Silva.

Neste um ano de projeto, foram diagnosticados 32 infartos, onde 22 tiveram a sua confirmação após admissão e exames na UNICOR. Todos foram tratados por meio da introdução de implante de Stent ou Angioplastia com balão.

O paciente que demorava em média 48 horas para realizar esse procedimento após o diagnóstico do infarto, hoje, demora menos de cinco horas, pois possui um tempo médio de quatro horas e 53 minutos, do diagnóstico do infarto no Hospital São Marcos até o término do procedimento no UNICOR.

Esse projeto é utilizado para todos os pacientes admitidos com diagnóstico de infarto no Hospital São Marcos, seja aquele paciente que utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS), como o que possui plano de saúde ou particular. Neste período, mais de 90% dos pacientes com diagnóstico e tratamento de infarto utilizavam o SUS.

“O Hospital São Marcos procura incessantemente a melhoria contínua na qualidade e a garantia de assistência integral à saúde do paciente. Por isso, aderimos a esse projeto e hoje enumera-se grandes resultados com a sua aplicação, proporcionando ao paciente com infarto, o diagnóstico precoce, o tratamento adequado imediato, a transferência com garantia de vaga e o tratamento na hemodinâmica do UNICOR, em Linhares”, afirmou Ulysses.

ARTIGOS RELACIONADOS
Anuncie Aqui!
Publicidade

EM DESTAQUE